domingo, 31 de agosto de 2008

Que amor é esse?

Olá pessoas, mais um filme pra gente refletir.


sábado, 30 de agosto de 2008

O mar é nosso?

O vídeo "O mar é nosso?" faz uma viagem pelos mares brasileiros, apontando os problemas causados pelo homem, como o aquecimento global, o esgotamento dos estoques pesqueiros e a falta de áreas marinhas protegidas. Entre nessa onda e faça a sua parte. Acesse www.greenpeace.org/brasil/oceanos e saiba como participar. Lembre-se que cuidar do nosso planeta é exercer a mordomia que o nosso Deus nos confiou.

Proteção dos Oceanos - Entre nessa onda


O Greenpeace Brasil lançou uma nova campanha em defesa dos oceanos do país.

Com o objetivo de conhecer melhor a atual situação dos oceanos no Brasil, o Greenpeace selecionou e entrevistou 40 especialistas no assunto, entre membros do governo, representantes de ONGs e pesquisadores acadêmicos ligados ao tema em todo o país. Todos concordam num ponto: os desafios são muitos e urgentes.

Com base nas informações levantadas, o Greenpeace Brasil elaborou o relatório À Deriva - Um Panorama dos Mares Brasileiros, dividido em quatro temas prioritários: Áreas Marinhas Protegidas, Estoques Pesqueiros, Clima e Política Nacional.

Confira no site da ONG os detalhes dessa nova campanha.

Proteção dos oceanos: entre nessa onda

Os oceanos estão em perigo e você pode ajudar a mudar essa realidade!

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

O que está por trás da campanha "Brasil Livre da Rubéola"?

É esta a pergunta-título duma matéria do Júlio Severo veiculada no Jesus Site.
 
Teorias conspiratórias à vista? Ou fatos, ou seja, em outras palavras, fim dos tempos etc.?!
Clique aqui para ler a matéria.
 
Há mais coisas no site do Júlio. Dá uma olhada lá.

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Oração e caráter

Tenho visto, com muita freqüência, crentes orando por vagas em estacionamento, de preferência uma bem em frente à loja que precisam ir, ou clamando fervorosamente para que não chova no dia do casamento ou aniversário planejado para acontecer num espaço aberto. Ouço pais pedindo oração para que Deus dê uma força para que o filho que nunca foi de estudar muito passe no vestibular ou num concurso público; ouço também crentes expressando sua gratidão a Deus por terem conseguido furar uma fila, ou vender um carro batido sem que o comprador percebesse.

Orações assim são comuns em nossas igrejas. Contudo, quando reconhecemos que a oração é um meio de relacionamento, ela nos oferece um duplo retrato: de Deus e de quem ora. A oração tem um papel importante no relacionamento entre o homem e Deus, pintando tanto o caráter humano como o divino. O que falamos para Deus (súplica, gratidão, louvor, desejos e situações da vida) revelam nossas motivações, nossa moral e nosso caráter. Da mesma forma, algumas afirmações que fazemos sobre Deus na oração (amoroso, justo, misericordioso, soberano) revelam convicções sobre a natureza divina.

Nem sempre nossa compreensão sobre quem é Deus revela a verdadeira natureza divina. Por exemplo, Deus se revela como um Deus justo e reto e nós o experimentamos como um Deus caprichoso e vingativo; Deus se revela como um Deus sempre presente mesmo em meio ao sofrimento, e nós o experimentamos como um Deus ausente ou distante. O retrato que fazemos de Deus certamente não é mais importante do que o retrato que Deus faz de si mesmo. A percepção humana de Deus precisa sempre ser corrigida e transformada pela auto-revelação de Deus nas Escrituras. E nossas orações quase sempre revelam também a natureza de nosso caráter. Por isso a oração é não apenas um meio de relacionamento, mas também um caminho de transformação.

Elias foi reconhecido como um homem de Deus e Ezequias, como um rei fiel. O caráter de ambos foi afirmado pela oração e pela confiança em Deus em momentos de crise. Em cada caso, suas orações foram apresentadas de acordo com a situação vivida, e deram uma definição do caráter deles. Eles oravam da forma como agiam, seus atos não contradiziam suas palavras. Da mesma forma, as orações de Paulo que encontramos em suas cartas, também revelam seu caráter e sua teologia. Basta um olhar atencioso para vermos em Paulo um coração pastoral, comunitário, resignado e entregue a Deus e ao seu povo, bem como um Deus que é o Soberano Senhor, que se revela a nós por meio do seu Filho e que voltará em glória e majestade.

A oração pinta um retrato de Deus e de quem ora. Se prestarmos atenção na forma e conteúdo da oração, seja aquela que fazemos na igreja, publicamente ou em grupo, ou a que fazemos sozinhos no quarto, teremos um retrato muito fiel e real da igreja, nosso e daquilo que pensamos sobre Deus e sobre seu propósito para a igreja e o mundo.

Provavelmente os pais que oram para que Deus dê uma mãozinha para que o filho preguiçoso passe no vestibular negam em suas orações o caráter justo de Deus, e se revelam também como pessoas que pouco se importam com a justiça. Tornam-se capazes de atribuir a Deus a “bênção” de um negócio ilícito. E orações suplicando a Deus para que não chova apenas para não estragar a festa ou o penteado, as férias na praia ou o churrasco no sábado, revelam o caráter egoísta de quem ora e a concepção de um Deus que não passa de um mágico cósmico.

Se queremos saber quem somos, o que pensamos sobre Deus, quais são nossas motivações primárias e a raiz do nosso caráter, basta um olhar honesto para a nossa vida de oração, que revela tanto a teologia como a antropologia. Porém, a oração não apenas revela as distorções antropológicas e teológicas, mas também é a forma e o caminho para corrigir essas distorções. Pior do que orar errado é não orar. Enquanto permanecemos orando, temos a chance de ver nossa compreensão de Deus e de nós mesmos sendo transformadas.

Ricardo Barbosa de Sousa (Pastor da Igreja Presbiteriana do Planalto e coordenador do Centro Cristão de Estudos, em Brasília. Autor de Janelas para a Vida e O Caminho do Coração.)

Fonte: Editora Ultimato via Caminhada Cristã

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Yolanda Adams - A Diva da música gospel internacional

Olá, pessoas, o Som do Mural desta semana vem detonando com a diva da música gospel internacional Yolanda Adams. Conheça mais desta artista, veja 3 lindos video clips, e confira a performance desta voz simplesmente espetacular:

Yolanda Adams era a mais velha de seis irmãos e teve o privilégio de crescer ouvindo música de qualidade como: Jazz, Rhythm-and-blues, entre outros ritmos, passando por artistas como James Cleveland, Stevie Wonder e Nancy Wilson...

Seu espírito pioneiro e inovador logo se tornou sua marca registrada. Desde o início de sua carreira, em 1987, quando lançou seu primeiro álbum “Just I am” pela gravadora Sound Gospel, a diva da música gospel tem emocionado o público no mundo inteiro com suas interpretações. "Preciso estar onde minha mensagem possa ser ouvida por todos; sei do meu propósito, sei porque estou aqui", afirma a cantora.

Além de ministrar, Yolanda tem se engajado intensamente em campanhas sociais, que ajudam crianças carentes; entre eles, o projeto do Departamento de Saúde e de Recursos Humanos nos Estados Unidos, que assegura a imunização às crianças de baixa renda. Em conjunto com esse programa de âmbito nacional, a cantora também empresta sua energia a outra organização sediada em Houston, que trata de crianças com diabetes. "Eu sou muito envolvida com crianças, pois lecionei por sete anos, não posso parar de amar as crianças. Serei professora para sempre”.

Yolanda Adams é considerada uma Diva da música gospel graças aos seus grandes álbuns lançados, reconhecidos pela crítica e pelo público.


segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Em busca da arca perdida

Dica pra quem tem TV por assinatura em casa e tem acesso ao The History Channel: hoje, segunda-feira, 25 de agosto, às 21:00 horas, o canal exibirá um documentário sobre uma busca de historiadores pela Arca da Aliança.

domingo, 24 de agosto de 2008

A Luz da Escuridão

Mais um vídeo para você refletir. O vídeo The Light of Darkness (A Luz da Escuridão) nos faz pensar sobre uma série de coisas. Assista e tire suas próprias conclusões, e não esqueça de comentá-las aqui.

Exemplo de Vida - Andressa Duarte

Não quero falar muito, pois nada que diga pode expressar o testemunho simples e vivo de Andressa Duarte. No meio de tantas "Luzes" gospel, o reflexo de Cristo na vida de Andressa na forma mais nítida e pura que Ele gostaria que refletíssemos.

sábado, 23 de agosto de 2008

Descubra a palavra

O joguinho online recomendado deste fim de semana chama-se Palavra Secreta e é do mesmo produtor do Memória Numérica (Lembra? Se não, veja aqui).
 
O Palavra Secreta lembra o jogo Forca só que nele você ainda precisa correr contra o tempo. O jogo permite escolher a categoria das palavras. Animais, Automóveis, Esportes, Filmes, Música, Países e Vegetais são exemplos dessas categorias. Também é possível escolher o nível de dificuldade.
 
Palavra secreta
 
Clique aqui para ir à página do jogo e testar seu nível de conhecimento.
Boa diversão!

Vai um golinho de água de esgoto aí?

A água potável, todos sabemos, é algo muito precioso e que vem se esgotando a cada dia, o que, em alguns lugares do globo, tem levado povos a racionar este bem, ou obtê-lo a partir da dessalinização da água do mar, como tem feito Israel e outros países dali do oriente. Já ouvi algumas pessoas dizerem, numa espécie de profecia apocalíptica, que as guerras do futuro serão motivadas pela necessidade de água potável - se é que isso já não está acontecendo por aí.
Mas e se a necessidade for grande e não se dispuzer de água do mar pra poder dessalinizar e usar? Que tal tratar a água do esgoto? Pois é o que faz uma estação de tratamento de água de 500 milhões de dólares que transforma esgoto em água potável lá no condado de Orange, no sul da Califórnia, EUA. Veja a notícia abaixo.
E tem gente por aqui no Brasil desperdiçando água tratada usando o esguicho da mangueira como se fosse vassoura pra tirar sujeira de calçadas, terraços etc.. Coisa feia, hum?!
Veja também:

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Por que?

Por que, Senhor, terias prazer
Em ouvir minha voz?
E por que
Darias aos meus olhos
Que não se cansam de ver o mal
O prazer de contemplar tua face?

José de Morais em Por hoje é só...

Obs.: O José não deixa claro em seu blog se esse texto é uma pequena poesia ou apenas um pensamento. Parece uma mistura dos dois, não?

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Sopa de letrinhas das Olimpíadas 2008

Abaixo uma lista com momes de atletas participantes dos Jogos Olímpicos de Pequim.
 
Tal como o site fonte deste post (Omedi) perguntamos: você conseguiria definir o gênero (masculino/feminino) de todos eles?

• Jaysuma Saidy Ndure (NOR)
• Tsyrempilov Baljinima (RUS)
• Chiharu Icho (JAP)
• Olli-Pekka Karjalainen (FIN)
• Vadim Devyatovskiy (BLR)
• Khatuna Narimanidze (GEO)
• Mulugeta Wondimu (ETI)
• Evii van Acker (BEL)
• Elvan Albeylegesse (TUR)
• Alicia Sacramone (EUA)
• Gable Garenamotse (BOT)
• Tirunesh Dibaba (ETI)
• Ekaterina Kostetskaya (RUS)
• Wan Khalmizam (MAL)
• Przemyslaw Wacha (POL)
• Ndiss Kaba Badji (SEN)
• Nadzeya Ostapchuk (BLR)
• Dariya Zgoba (TML)
• Eriko Hirose (JAP)
• Sonja Kesselschläger (ALE)
• Aiying Xing (CIN)
• Misleydis González (CUB)
• Mahiedine Mekhissi Benbbad (FRA)
• Gintare Volungeviciute (LIT)
• Abubaker Ali Kamal (CAT)
• Kestutis Navickas (LIT)
• Bouabdellah Tahri (FRA)
• Yuliya Golubchikova (RUS)
• Brimin Kipruto (QUE)
• Abdelkader Hachçaf (MAR)
• Silke Spiegelburg (ALE)
• Tareq Mubarak Taher (BHR)
• He Wenna (CHI)
• Yennifer Frank Casanas (ESP)
• Oludamola Osayomi (NIG)
• Ezinne Okparaebo (NOR)
• Krzysztof Bieryt (POL)
• Nwal Eljack (SUD)
• Ngonidzashe Makusha (ZIM)
• Manuchar Kvirkelia (GEO)
• Tyson Gay (EUA)

Dúvidas... quem pode responder? (3)

Lá vão outras lá do Verticontes, dos posts ca FÉ com LEI te/?ergunte ao ?astor:
 
59. Que outro “apóstolo” também caiu do cavalo?
60. Quem ganhou a licitação da Reforma protestante?
61. Se Paulo pregou aos gentios, quem pregou aos mal-educados?
62.  É problema da junta de missões, quando uma igreja não consegue articular seus membros?
63. O crente galinha é o que bota fé de verdade?
64. Um padeiro que virou pastor vai manipular melhor as massas?
65. Um excelente fotógrafo tem o dom da revelação?
66. Os Midianitas eram inimigos do povo hebreu porque usavam os meios de comunicação para
       difamá-los?
67. Os juízes do V.T. apitavam as faltas do povo?
68. Se há pastor de tempo integral, há também os de tipo B e os de tipo C?
69. Transcendente é uma transportadora de banguelas. Falso ou verdadeiro?
70. O apóstolo Paulo era o único que sabia tecer um comentário?
71. Só os profetas menores podiam acalmar tempestade em copo d’água?
72. O anti-semitismo é a corrente que nega tudo que é pela metade?
73. O crente que não dispensa um bom cação ao forno é dado à fornicação?
74. O que leva um crente a ser vegetariano se a luta não é contra a carne?
75. Houve uma redundância quando acabou o reinado do rei Acab?
76. Um crente que possui transparência se tatua com canetinha de retro?
77. Se um crente dá seu dízimo de vez em quando, ele dizima periódica?
78. Funcionários da Eletropaulo eram forçados a adorar os postes-ídolos?
79. É correta a oração em que o sujeito vai à frente do Verbo?
80. Um doador universal é aquele que contribui com a igreja do Edir Macedo?
81. Quem soltou o livre arbítrio?
82. É saudável o uso de silicone no seio da igreja?
83. O crente que vive lutando com inimigos invisíveis tem o dom quixote?
84. Salmodiar é o ato de cantar salmos a quem se odeia?
85. Do cruzamento do louva-deus com a cigarra, nasce um grilo pentecostal?
86. Se um gato escaldado se converte, como fazer para batizá-lo?
87. De onde era natural São Francisco de Assis?
88. Pratica o panteísmo quem acredita no que diz a rádio Jovem Pan?
89. Se a palavra tem poder, por que a letra é morta?
90. Uma igreja fundamentalista é construída apenas com madeiras de lei?
91. Quem aspira as coisas do alto está limpando o teto de casa?
92. Que igreja possui o recorde de lançamento de pedra fundamental?
93. O Saltério é a coleção de hinos que devem ser entoados saltando ou apenas por aqueles de
       salto alto?
94. A cúria romana é o órgão no Vaticano que trata das pessoas doentias?
95. Num blog não cristão só há post ídolos?
96. Um rei tirano é o que tira dos outros?
97. O japonês cristão é o aji-no-moto da terra?

Más notícias

sadia 1

Clique no Continue lendo pra ver algo mais.

sadia 2 plus
Ricardo Tokumoto em Ryot IRAS

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Meu mundo é hoje

Encontramos postado no Metamorfoseantemente com o título de O Evangelho segundo Paulinho da Viola. É um vídeo pequeno (duração de 1 min e 43 seg).
 
Pra meditar, refletir.
 

Preço dos Jogos Olímpicos de Pequim

Cristãos chineses pagam um alto preço por causa da Olimpíada

Os ataques iniciados pelo governo chinês contra os cristãos e suas igrejas é "o pior em anos" e marca uma nova "onda de perseguição" nesta nação comunista, de acordo com o diretor da Portas Abertas na Alemanha, Markus Rode.

Segundo ele, não há motivo para acreditar que a China ficou mais aberta e tolerante frente aos Jogos Olímpicos de Beijing.

A Portas Abertas é uma organização internacional que apóia os cristãos "perseguidos pela fé". Ele disse ainda que os cristãos são "continuamente monitorados por forças de segurança".

Markus Rode contou ainda que a organização teve de contrabandear 4,6 milhões de Bíblias para a China, porque as autoridades limitam a distribuição de literatura cristã.

Além disso, ele contou ao "Bosnewslife" que igrejas domésticas foram fechadas, cristãos foram detidos, maltratados e castigados, enquanto tiveram suas propriedades confiscadas pelas autoridades.

Olimpíada 2008

Grupos cristãos de direitos humanos se uniram para alertar e orar contra as sanções severas praticadas pela liderança comunista (leia mais).

As autoridades chinesas temem que os cristãos usem os Jogos Olímpicos de 2008 como uma oportunidade para difundir o cristianismo no país e elevar a consciência sobre as violações documentadas contra os direitos humanos e religiosos.

Cristãos chineses estão pagando um alto preço por este evento esportivo internacional.

Markus Rode diz ainda que membros da Portas Abertas foram impedidos em seus trabalhos e que seus contatos locais foram ameaçados por autoridades locais. Ele disse que a organização teve de adiar suas atividades, mas se recusou a fornecer mais detalhes.

Listas de cristãos

"Ficou extremamente difícil manter qualquer comunicação com os cristãos chineses", disse Markus Rode. "Em universidades na China a transmissão de e-mails foi monitorada e desse modo as autoridades conseguiram descobrir listas com nomes de cristãos. Entre eles estão estudantes cristãos que planejam difundir o evangelho entre estudantes", ele explicou.

O governo de China nega abusos aos direitos humanos e diz que os cristãos são livres para adorar dentro das denominações apoiadas pelo governo. Porém, a Portas Abertas e outras organizações disseram que muitos, e talvez a maioria dos cristãos, preferem realizar seus cultos fora do controle do governo comunista, em um movimento chamado de igrejas domésticas subterrâneas, que acontece nas casas de cristãos.

Classificação de países por perseguição

A China foi mencionada este ano como o 10º país mais perseguidor aos cristãos do mundo, segundo a Classificação de países por perseguição da Portas Abertas (veja mais aqui).

O governo quer garantir que não haja nenhuma instabilidade durante o ano de 2008. A forma como eles querem realizar isso difere de uma área para outra e de uma situação para outra.

Algumas vezes, usam de cortesia sem precedentes, mas também há relatos de invasão em igrejas não registradas e prisões. Um número sem precedentes de estrangeiros cristãos que vivem como missionários na China foi expulso do país em 2007.

Expulsões em massa

Fontes infiltradas no governo chinês relataram o lançamento dessa campanha maciça de expulsão. Acredita-se que essa campanha, intitulada Furacão nº 5, é parte do esforço contra a "infiltração" de estrangeiros cristãos a fim de impedir que eles se engajem em atividades missionárias antes e durante a Olimpíada de Beijing.

"Em 2007, muitas igrejas não registradas foram invadidas, cristãos foram presos; o governo, em alguns casos, usou de violência física contra os cristãos. Embora a situação na China seja diferente de uma região para outra, muitos cristãos continuam a ter dificuldade em praticar sua fé", diz o relatório da Portas Abertas.

Alguns funcionários admitiram a ocorrência de tais práticas, oficialmente negadas pelo governo. Estima-se que existam 130 milhões de cristãos na China, embora seja difícil de verificar independentemente.

Fonte: Missão Portas Abertas via Holofote.net em 6 de abril de 2008

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Seita Olímpica?

Segue uma matéria do Ministério CACP que usa uma reportagem da época dos Jogos de 2004. Apesar disso, mantém-se atual; é algo interessante pra ficarmos sabendo a respeito de Jogos Olímpicos e mitologia grega.
 
Teriam as olimpíadas uma Seita Olímpica?
 
Para o mundo inteiro, Zeus, o supremo deus do Olimpo é apenas um mito; um dos grandes personagens que ocupa lugar nas páginas da história e dos livros de mitologia grega. É, mas o que muitos não sabem é que tem gente levando a sério este negócio de mitologia. Na verdade, para certo grupo de gregos, os deuses do Olimpo são muito mais que fantasia, são seres reais, a quem podemos orar e adorar. É o que mostra esta reportagem abaixo.
 
ATENAS (Reuters) - Em uma agradável noite de primavera de Atenas, com a Acrópoles banhada pela luz branca da lua cheia, um coro de vozes ora: "Salve Zeus!".
 
As vozes não são de atores de uma tragédia antiga, nem de uma cerimônia das Olimpíadas, mas sim de um grupo de atenienses modernos reverenciando deuses do Olimpo.
 
Muito antes das Olimpíadas se tornarem um tesouro comercial eles já realizavam festivais religiosos em homenagem aos 12 deuses do Monte Olimpo. Agora, com a volta dos Jogos para seu lugar de nascimento em agosto, um pequeno grupo de gregos está pressionando para obter reconhecimento legal de suas raízes pré-cristãs.
 
Eles pediram reconhecimento religioso formal e tentam obter ordens judiciais contra a exploração comercial de seus símbolos religiosos por parte dos organizadores das Olimpíadas de 2004.
 
O problema é quem ninguém está levando o grupo a sério.
 
Em alguns casos eles até sofrem processos por participação em cultos ilegais.
 
A Grécia clássica é reverenciada como o berço da civilização ocidental, mas seus deuses, heróis e monstros são mais associados atualmente a personagens musculosos de quadrinhos norte-americanos.
 
Reunidos na varanda de um apartamento da Atenas do século 21, adultos com os olhos fechados e faixas coloridas na cabeça levantam as mãos durante o eclipse da lua.
 
Um Deus Apolo de plástico observa a partir de seu altar. Do seu lado direito, Atenas usa um capacete de guerra e uma imagem de Afrodite de seios de fora relembra sua posição de deusa do amor.
 
FAIXA TURQUESA
 
O grupo encerra a cerimônia da lua cheia formando um círculo de braços dados.
 
Vasileos, engenheiro químico que prefere não dizer o sobrenome, está convencido que ele e seus colegas são os gregos reais e que os cristãos ortodoxos são impostores.
 
"Quem foram os primeiros cristãos? Eles eram sujos, não tinham forma, cultura e tinham somente um livro - a bíblia." Georgios, advogado renomado e usando uma faixa turquesa na cabeça, que significa o ciclo da vida, não consegue ver onde está o problema de credibilidade.
 
"Os gregos antigos inventaram a lógica, a ciência, a medicina e a filosofia e construíram o Parthenon. Você quer dizer que eles não sabiam o que estavam fazendo a respeito de religião?", perguntou.
 
Panayiotis Marinis, médico e líder espiritual do grupo, nasceu em uma família de politeístas na pequena aldeia de Kithra, na ilha de Kefalonia.
 
Ele disse que a tradição ainda é forte em muitas comunidades pequenas. "Minha família era de crentes, um monte de gente na nossa aldeia é", disse.
 
Ele cita as enormes multidões que seguiram a tocha olímpica desde que foi acesa em cerimônia copiada diretamente das tradições da sua religião.
 
Marinis estima que existam 100.000 seguidores dos 12 deuses espalhados pela Grécia, mas o reconhecimento oficial ainda está longe.
 
Eles esperam há dois anos por uma resposta a uma petição por um local oficial de orações feita ao ministério grego da educação e assuntos religiosos.
 
VISITANTE NÃO DESEJADO
 
Enquanto isso eles querem corrigir algumas crenças populares. Marinis disse não acreditar que Zeus tenha realmente vivido no Monte Olimpo, no norte da Grécia, apesar de o local ser considerado sagrado.
 
Muitos do grupo não se impressionam com os cristãos ortodoxos, que consideram visitantes não desejados na Grécia.
 
"O cristianismo foi a primeira forma de globalização", disse Doretta, escritora. "Para nós, deus não é um chefe, é um amigo, e você pode debater com amigos - veja Odisseu e Poseidon", disse, em referência à famosa disputa entre o guerreiro grego e o Deus do mar.
 
Georgios afirma que a mitologia não deve ser levada de maneira tão literal. "É uma alegoria, é teologia simbólica."
 
"Hércules não lutou com a hidra; é uma alegoria sobre a batalha com os desejos de muitas cabeças dentro de todos nós", disse.
 
Tirando as faixas, estátuas e incensos, o encontro poderia ser confundido com uma reunião de arqueólogos.
 
Mas não é sempre assim. Panayiotis Kakkavas disse que o grupo se veste de "maneira apropriada", com togas e, em alguns casos, adornos de cabeça para celebrações ao ar livre em locais arqueológicos na Grécia. Os rituais são realizados em segredo, já que o ministério da cultura se recusa a dar permissão oficial.
 
O lugar mais sagrado de todos, a Acrópoles de Atenas, ainda chamada pela maioria dos gregos de "pedra sagrada", está fora de cogitação. Mas quem duvidar de sua santidade deve procurar pássaros para obter a confirmação, disse o grupo.
 
"Já percebeu que não há pássaros voando sobre a Acrópolis? Até eles sabem que é um local sagrado", disse Georgios.

Brooke Fraser

Olá, pessoas, mais uma seção chegando aqui no Mural, é o Som do Mural.

Toda semana vamos trazer um artista pra você conhecer, curtir o som deste e usar como trilha enquanto lê o nosso blog.

Em um post passado, o Jonathas (um outro Muralista), colocou aqui um vídeo da cantora neozelandesa Brooke Fraser. Depois de ver o clip, fiquei apaixonado. Confesso que depois de escutar C. S. Lewis Song, não consigo parar de ouvir a Brooke cantar, com uma voz suave, música de qualidade, letras reflexivas e inteligentes. Brooke com certeza é o que está no meu mp3 atualmente e é a trilha sonora da semana no Mural.

Brooke Gabrielle Fraser nasceu no dia 15 de Dezembro de 1983, em Wellington/Nova Zelândia. Lançou seu primeiro álbum com 19 anos em 2003.

Desde o início foi vista pelos críticos como uma cantora atemporal, de belas e profundas composições. Seu primeiro álbum, What to do With Daylight, vendeu mais de 100 mil cópias e recebeu vários prêmios.

Em Dezembro de 2006, Brooke lança seu 2º álbum, Albertine, que tem como tema central a história de uma órfã que Brooke conheceu em uma de suas viagens por missões na África. Brooke prometeu à órfã denunciar, através da música, as injustiças no seu país (Ruanda).

Além de missões, Brooke têm projetos com mulheres abusadas sexualmente, e, desde 2004, faz parte do Team da igreja Hillsong de Sydney/Austrália, onde vive atualmente.

Confira abaixo três clipes de Brooke, das canções Shadowfeet, Albertine (aquela que você pode baixar de graça lá no site da cantora), e Nothing but the blood.
.
Por Gonzaga





segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Versículo revisado e atualizado [1]

Esta seção mostrará versões revisadas e atualizadas (modernizadas) de alguns versículos bíblicos. Isto não será feito com o intuito de deturpar ou ridicularizar as Sagradas Escrituras, mas sim com o de mostrar numa visão humorada e bem interessante como seriam determinados trechos das escrituras se tivessem sido ditos/redigidos nos nossos dias. Também servirá pra reflexão, pois vai nos levar a pensar como aplicar o que está lá na Bíblia na nossa tão moderna (ou pós-moderna?) vida.
 
Começaremos com...
 
Lucas 6:45
que, no mundo internético dos bate-papos e 'messengers' da vida de hoje, seria:
 
"Pois os dedos teclam [aquilo] do que o coração está cheio."
(pela NTLH)
 
e, com isso, inauguramos uma nova versão...
Tchan Tchan!! ... a Mural na Net Revista e Modernizada (MNNRM) ;-))
 
 
Têm outra sugestão pra este ou outro trecho das Escrituras? Escreve aí nos comentários, vai.

Achmed - O terrorista morto

Olá pessoas, pra começar a semana bem, nada como dar boas risadas, então com vocês
Achmed - O terrorista morto. Achmed é um terrorista diferente de tudo que você já viu!
Muito louco esse vídeo de um comediante americano, sacaneando os terroristas.

domingo, 17 de agosto de 2008

Kullors

O joguinho deste final de semana vem meio atrasado, mas vem. É um jogo de raciocínio que tem a ver com o conceito de mistura de cores (e uma corrida contra o tempo).
 
INSTRUÇÕES:
Os Kullors são esses bichinhos coloridos que você vê aí numa das telas do jogo logo abaixo. Clique em um deles e depois clique em outro da mesma cor pra eliminá-los da tela. Se só há um Kullor de uma cor, você deverá combiná-lo com outro pra poder combinar este com outro (ou outro Kullor com este). Caso você não lembre bem desse negócio de combinação de cores, o jogo te dá uma colher de chá: clique num Kullor e, antes de clicar em outro, passe o mouse sobre um deles; o jogo vai mostrar uma bolinha ao lado do ponteio do mouse com a possível cor resultante. Também é preciso estar atento ao tempo, pois há um cronômetro regressivo te dando tempo pra combinar todos os Kullors na tela. Boa diversão!
 
Kullors 
 
Há uns bônus que aparecem durante o jogo: Kullors pretos, estrelas etc.. Jogue e vá testando. Descubra! Apesar de poder disponibilizá-lo aqui na nossa página, O mural acha melhor você ir até à página do game. JOGUE ONLINE AQUI.

sábado, 16 de agosto de 2008

Pequim 2008 - Obra inacabada

02_ninho

Fonte: Monkey News via Pavablog

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Construir X Meio ambiente

Hoje nosso post relacionado ao meio ambiente fará você conhecer algumas coisas interessantes (e importantes) sobre a construção civil. Mais ainda interessante e importante pra quem já está ou pretende desenvolver carreira profissional na área de engenharia civil, arquitetura ou outra área correlata.
 
Não só hoje mas desde a antiguidade o homem necessita construir habitações, barragens, pontes, portos, estradas, templos (inclusive templos cristãos) etc. para atender suas necessidades. Entretanto, apesar de ser uma atividade essencial ao homem, a construção civil também é uma "indústria" poluidora e voraz, pois é preciso lembrar que, entre outras coisas, nela também age a vaidade do homem: há obras suntuosas, luxuosas, grandiosas, monumentais (os próprios monumentos); tudo para satifazer nosso ego.
 
Pra conhecer um pouco da relação da construção civil com o meio ambiente e como a reciclagem entra nessa guerra, recomendamos a leitura do artigo técnico intitulado A construção e o meio ambiente. A leitura dele não é de difícil compreensão, mas se você não entender certos termos, consulte a Wikipedia.

Tua graça nos basta

Uma nova seção é aberta aqui no Mural com este post. É a seção Bons exemplos.
Então, tá aí um bom exemplo:
 
Dr. Richard Hipp é programador e criador de um dos bancos de dados mais utilizados do mundo, o sqlite, presente até mesmo no iPhone. No lugar de uma licença, os códigos fontes dos programas escritos por ele contém a seguinte nota: "O autor abre mão dos direitos de copyright desse código fonte. Em lugar de uma nota legal, uma bênção: Que você possa fazer o bem, não o mal; que você possa encontrar perdão para si e perdoar outros; que você possa compartilhar livremente, nunca recebendo mais do que dá."
 
Num trecho da entrevista em inglês (que pode ser lida aqui) o entrevistador pergunta a Hipp:
 
- Você atribui seus talentos e habilidades a Deus ou aos feitos humanos?
 
Hipp responde:
 
- Tudo o que sou é apenas pela graça. Quanto mais eu vivo e quanto mais eu vejo, isso fica mais óbvio. No passado (e, sem dúvida, isso ocorrerá no futuro), houve ocasiões nas quais olhei as "minhas" realizações com orgulho, pensando que "eu" tinha feito algo bom. Tal pensamento é tolice. Não fosse pelo favor imerecido de Deus, eu seria menos que nada.
 
 
Fonte e tradução: Walter Cruz em À Procura
 
Trilha sonora pra este post: Tua Graça me Basta (Rafaela Pinho)

A canção de C. S. Lewis

C. S. Lewis Song é uma música da cantora neozelandesa Brooke Fraser inspirada em trechos da literatura de C. S. Lewis. Veja abaixo o clipe com legendas em português.
 
 
Saiba mais a respeito de Brooke em seu site, sua página no Myspace (com canções que podem ser ouvidas online) ou na Wikipedia. No seu site há uma música que pode ser baixada de graça (a música Albertine).
 
Vinda ao conhecimento do Mural através de My reason is God.

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Relíquias

Está acontecendo desde ontem e vai até 2 de novembro, no Masp, uma exposição com relíquias do judaísmo e do crisitianismo. E como o Masp fica em São Paulo, não podemos ir até lá, mas o Mural trás fotos das peças que estão disponíveis na página da exposição lá no UOL.
 
A exposição tem, entre outras coisas, uma pedra com inscrição de Pôncio Pilatos e o ossuário de Caifás.
 
altar de mármore
 
Altar de mármore (foto do UOL) ►
 
 
 
 
 
 
Veja uma pequena matéria falando da exposição aqui e uma amostra de algumas peças aqui.

Amazing Grace - Cristianismo e escravidão

Amazing grace poster Infelizmente não foi exibido nas salas de cinema do país o filme Amazing Grace, que relata a história de William Wilberforce, o parlamentar britânico que lutou contra o tráfico negreiro, no fim do século 18 e início do 19. O DVD chegou há pouco às locadoras sob o título Jornada pela liberdade e merece ser visto.

Orador brilhante e eleito para o parlamento inglês com apenas 21 anos de idade, Wilberforce experimenta uma profunda conversão que o leva inclusive a pensar em deixar a política para se dedicar ao ministério religioso. O seu melhor amigo, William Pitt – posteriormente primeiro-ministro da Inglaterra – temeroso de perder o seu aliado mais talentoso, chega a provocá-lo: “Você pretende usar a sua bela voz para louvar o Senhor, ou para mudar o mundo?”. Mas é John Newton, um ex-traficante de escravos – brilhantemente interpretado por Albert Finney – que o convence de que ele estaria fazendo as duas coisas engajando-se na luta política contra a escravidão. O título do filme em inglês deve-se a Newton, que compôs a bela Amazing Grace – talvez a canção cristã mais famosa do mundo – após uma dramática experiência de conversão que o levou a abandonar o tráfico negreiro.

A história de Wilberforce é importante porque desmente o argumento dos novos ateístas, em especial Sam Harris, de que o cristianismo sempre foi conivente com a escravidão. O cristianismo tem sido acusado pelo novo ateísmo – que lança livros aos borbotões com violentos ataques à religião em geral e à fé cristã em particular – não só de antiintelectualismo, mas de ser essencialmente imoral. É um ataque sui generis, e que talvez muitos não estejam preparados para responder. E uma das imoralidades que nos atribuem é a nossa conivência histórica com a escravidão.

Na verdade não há honestidade quando se julga os erros do passado com os parâmetros do presente. É fácil apontar o dedo para os erros cometidos na história, analisando os fatos séculos depois, a bordo de todas as transformações culturais que nos permitem ser mais sábios que nossos antepassados. 

Se no passado havia cegueira quanto à escravatura ela não recaía sobre a comunidade cristã, mas sim sobre toda a humanidade. Vivia-se num ambiente de escravidão e esse era o sistema aceito por todos. Numa obra recente – lançada no Brasil sob o título A verdade sobre o cristianismo –, o católico Dinesh D’Souza argumenta que a escravocracia nunca precisou de defensores, pois o regime sempre foi incontroverso. O sistema era aceito em todo o planeta. Na África, na Ásia, na América pré-colombiana e nunca foi questionado. A primeira voz a denunciar o mal saiu da igreja, num movimento liderado pelos Quakers e que encontrou eco político em Wilberforce. 

Não é difícil imaginar a magnitude da oposição que o movimento encontrou no parlamento inglês, coalhado de escravocratas. A felicidade é que naqueles tempos havia gigantes na Inglaterra. O filme não mostra, mas a história revela que John Wesley, na última carta que escreveu antes de morrer, dirigiu-se justamente ao jovem Wilberforce, encorajando-o a permanecer firme na sua luta. E não foi em vão, porque a concepção, essencialmente cristã, de que todos os homens foram criados por Deus – e por isso nasceram iguais – cedo ou tarde seria fatal para a escravidão. 

A história vale a pena ser vista não só pela beleza da luta que é de encher o peito, mas principalmente porque neste tempo, em que se tornou comum atribuir à fé cristã os males da história, é bom ver no cinema um relato que faz justiça à cristandade por uma de suas obras mais notáveis.

João Heliofar de Jesus Villar [45 anos, procurador regional da República da 4ª Região (no Rio Grande do Sul) e cristão evangélico] na Revista Ultimato com o título original de Cristianismo e escravidão – somos culpados?

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Poema anônimo

Minha vida é mero entretecer
entre o Senhor e eu;
As cores que ele mescla sem cessar
Deus mesmo escolheu.

Tantas vezes penas ele insere,
e eu, sem o orgulho depor,
esqueço que ele vê o lado de cima
e eu, o inferior.

Enquanto o tear não se calar, e
as lançadeiras não deixarem de voar,
Deus não irá desenrolar a tela e
as minhas dúvidas explicar.

Os fios escuros são tão necessários
nas hábeis mãos do tecelão
quanto os fios de prata e ouro
que ele colocou no padrão.

Anônimo

Fonte: Livro Encontrando a Peça Perdida, de Lee Ezell (Poesia Evangélica)

Como nossa fé é vista

Como os céticos e/ou ateus vêem nossa fé? Esta questão já passou pela sua cabeça? Veja no fluxograma abaixo uma comparação feita por eles entre a ciência e a fé.
 
2007-01-15 -- science vs faith
 
Fonte: WellingtonGrey.net via Walrus (traduzido por Mural na Net)

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Recorde mundial de...

amnestychinaexe2
Diz a etiqueta amarela:

PAREM O RECORDE MUNDIAL DE EXECUÇÕES
A China detém o atual recorde mundial de execuções com 1010 pessoas entre as 1591 confirmadas no mundo.
Apesar disso o Comitê Olímpico de Pequin declara que a hospedagem dos Jogos Olímpicos irão 'ajudar o desenvolvimento/evolução dos direitos humanos na China'.
Junte-se à luta contra a pena de morte
ANISTIA INTERNACIONAL - WWW.AMNESTY.COM

Sei e preciso, mas não faço

trapped Em minha igreja local atuo na liderança do ministério de adolescentes e jovens. Somos um grupo de líderes que sonha em ver esses meninos e meninas servindo ao Senhor com uma vida santa e sendo exemplo para outros, mas para isso existe muito trabalho e perseverança. Em uma de nossas reuniões muitos deles manifestaram o desejo de serem mais diligentes e obedecerem ao Senhor, expressando suas falhas e luta contra o pecado. Porém, quando questionados e incentivados a serem exemplo no procedimento o que mais ouvimos foi: "Ah, sei lá. A gente sabe o que é certo, mas na hora de fazer…" Ou seja, sabem, dizem que querem mudar, mas não existe uma postura efetiva. O discurso totalmente contraditório à prática. Infelizmente isso confirma uma tendência que foi apontada em uma pesquisa recente do IBOPE Inteligência, apontando assuntos referentes a valores e comportamentos. A pesquisa mostrou a contradição daquilo que as pessoas sabem e falam com aquilo que fazem. Ou seja, de 30% a 50% das pessoas que possuem "boas intenções" essas não as exerce em seu dia-a-dia.
 
Disse infelizmente porque isso tem acontecido em nossas igrejas. Sabemos que precisamos nos santificar, amar, evangelizar, etc, etc, etc, e às vezes até falamos que queremos fazer isso, mas dias passam e nada muda… Não fazemos e vivemos idealizando como poderia ser. A prática da Palavra de Deus exige mudança em nossa vida, em nosso cotidiano, e dessa forma, nem sempre é vista com bons olhos. Quando nos sentimos confortáveis demais com a situação não vemos motivos e não temos estímulo para arriscar passos. Sei que isso não acontece apenas com os adolescentes e jovens de minha igreja, mas também comigo e com você. Talvez você tenha um desejo ardente de obedecer ao Senhor, no amor, na evangelização e nas demais coisas, mas sua prática tem sido totalmente contrária. Com certeza o que tem prevalecido é seu próprio eu. Quando existe confiança em Deus existe entrega, e a entrega nos deixa livres para a mudança, já que "não sou mais eu que vivo, mas Cristo vive em mim". Se viver para Cristo foi o que realmente escolhemos para nossa vida, que façamos isso por completo. Que eu e você não sejamos apenas "bons de papo", mas que nossa disposição em mudar estimule outros a mesma prática.
 
Deus abençoe
Ana Paula
 

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Clichês da telona

Você já reparou que certas coisas acontecem ou parecem acontecer sempre da mesma forma nos filmes hollywoodianos? São o que podemos chamar de clichês do cinema. Veja a seguir uma lista com vários deles. Você já notou algum outro? Acrescenta aí nos comentários.
  1. Qualquer investigação policial começa pela casa noturna.
  2. Todos os números de telefone americanos começam por 555.
  3. Todas as camas têm lençois especiais em forma de L de forma a taparem as mulheres até aos ombros e os homens, que se deitam ao lado delas, até a cintura.
  4. O sistema de ventilação de qualquer edifício é o local ideal para alguém se esconder. Ninguém se lembra de procurar lá e pode-se alcançar facilmente qualquer parte do edifício através dele.
  5. Para alguém se fazer passar por um oficial alemão não é necessário falar a língua. Basta o sotaque.
  6. Um homem não mostra dor quando é ferozmente espancado mas queixa-se quando uma mulher lhe tenta limpar as feridas.
  7. As cozinhas não têm interruptores de luz. Quando se entra à noite numa cozinha abre-se o frigorífico e usa-se a luz dele.
  8. Numa casa assombrada as mulheres investigam os ruídos estranhos com roupas o mais transparente possível.
  9. Os carros sempre explodem, por menor que seja a batida.
  10. Usar um colete ou despir-se até à cintura pode tornar um homem imune a balas.
  11. Se alguém for apanhado num mal entendido que possa ser esclarecido rapidamente com uma explicação simples, por amor de Deus, deve calar-se.
  12. A tosse é normalmente o sinal de uma doença fatal.
  13. Todas as bombas estão equipadas com relógios que dizem exatamente quando irão explodir.
  14. No confronto com um terrorista internacional perigoso, o sarcasmo e as frases jocosas são as melhores armas.
  15. Num tiroteio, um homem contra vinte tem maior probabilidade de matar os vinte do que os vinte têm de matá-lo.
  16. Uma música assustadora vinda de um cemitério deve ser sempre investigada mais de perto.
  17. Para fugir às balas dos alemães devemos esconder-nos num rio ou num lago. As balas dos alemães não penetram na água.
  18. A maior parte dos computadores portáteis têm capacidade suficiente para penetrar nos sistemas de comunicações de qualquer civilização invasora extraterrestre.
  19. Os pilotos de helicóptero privados estão sempre prontos a aceitar dinheiro de organizações terroristas internacionais, mesmo que o trabalho seja matar estranhos e termine na sua própria morte quando o helicóptero explode numa bola de fogo.
  20. A maior parte das pessoas guarda um álbum de recortes, especialmente se algum familiar ou amigo morreu num acidente de barco em situação estranha.
  21. Todos os discos de computador trabalham em todos os computadores independentemente do seu software.
  22. Todos os departamentos de polícia fazem testes de personalidade aos polícias para saberem se eles se fazem passar por outros completamente diferentes.
  23. Quando estão sós, todos os estrangeiros preferem falar inglês entre eles.
  24. Os heróis de ação nunca sofrem penas por homicídio ou ofensas criminais apesar de destruirem cidades inteiras no decorrer dos seus atos.
  25. Encontra-se sempre uma serra motorizada quando é necessária.
  26. Qualquer fechadura pode ser aberta em segundos com um cartão de crédito ou um arame exceto a porta de um prédio em chamas com uma criança lá dentro.
  27. Ao conduzir um carro é normal não olhar para a estrada mas sim para a pessoa do lado ou de trás durante toda a viagem.
  28. Uma vedação elétrica com potência para matar um dinossaurio não causa grande estrago numa criança de oito anos.
  29. Qualquer tipo de emprego faz um pai esquecer o aniversário do seu filho de oito anos.
  30. Normalmente os policiais trabalhadores e honestos são mortos três dias antes da aposentadoria.
  31. Quando se é perseguido através de uma cidade pode-se normalmente escapar através da parada do dia de S. Patrick, em qualquer época do ano.
  32. Todos os sacos de compras de mercearia têm pelo menos um filão de pão de tipo francês.
  33. Qualquer pessoa decola facilmente um avião desde que na torre de controle esteja alguém que lhe dê as instruções.
  34. O batom dos lábios nunca desaparece, nem ao praticar mergulho.
  35. Normalmente sobrevive-se a uma batalha em qualquer guerra a não ser que se cometa o erro de mostrar a alguém a fotografia da namorada que ficou em casa.
  36. A torre Eiffel pode ser vista da janela de qualquer edifício de Paris.
  37. O pessoal da TV nunca termina a sua bebida.
  38. Policiais sempre comem rosquinhas.
  39. Quando se paga o táxi nunca se olha para a carteira para tirar o dinheiro, tira-se uma ao acaso. É sempre o dinheiro certo.
  40. Quando se fica sem uma mão o braço cresce 15 cm.
  41. Um simples fósforo é suficiente para iluminar uma sala, mesmo do tamanho de um estádio de futebol.
  42. Se um assassino espreita uma casa é fácil encontrá-lo. Basta relaxar e tomar um banho, mesmo no meio da tarde.
  43. Os camponeses medievais tinham dentes perfeitos.
  44. Apesar de no século 20 ser possível disparar armas para objetos fora do campo visual, as pessoas do século 23 terão perdido esta tecnologia.
  45. Todas as mulheres solteiras têm um gato.
  46. Ao conduzir um automóvel, mesmo numa reta, é necessário virar constantemente o volante com força para a direita e para a esquerda.
  47. Não importa que se esteja em desvantagem numérica numa luta que envolva artes marciais. Os inimigos esperam pacientemente para atacar um por um, dançando à volta em atitude ameaçadora até que o seu predecessor seja posto fora de combate.
  48. Quando se apaga a luz para dormir, o quarto fica sempre iluminado, apenas um pouco escurecido.
  49. Os cães sabem sempre quem são os malvados.
  50. Independentemente dos estragos que uma nave espacial sofra durante um ataque, o sistema de gravidade interna nunca é afetado.
  51. Em vez de gastarem balas, os megalomaníacos preferem matar os seus principais inimigos através de dispositivos complicados que envolvem rastilhos, roldanas, gases tóxicos, lasers e tubarões e que permitem que os seus prisioneiros tenham pelo menos 20 minutos para fugir.
  52. Muitos instrumentos musicais, especialmente os de sopro e os acordeões podem ser tocados sem mover os dedos.
  53. É sempre possível estacionar o carro em frente de edifício que se visita.
  54. A maquiagem pode ser usada na cama sem sujar.
  55. Um detetive só consegue resolver um caso se tiver sido suspenso do serviço.
  56. Se alguém decidir dançar na rua, qualquer outra pessoa com que se cruze conhece todos os passos da dança.
Fonte: Contra Bando de Arquivos (com algumas modificações)
Veja também o Movie Cliches, um site em inglês que trata só disso. Os clichês são organizados por tópico (alienígenas, heróis, monstros, vilões etc.).

Consumismo Cego

Este pensamento abaixo era pra ter sido postado semana passada. Disculpinha aê, viu?! Pare e pense.
A nossa vida é influenciada em grande medida pelos jornais. A publicidade é feita unicamente no interesse dos produtores e nunca dos consumidores. Por exemplo, convenceu-se o público de que o pão branco é superior ao pão escuro. A farinha, cada vez mais finamente peneirada, foi privada dos seus princípios mais úteis. Mas conserva-se melhor e o pão faz-se mais facilmente. Os moleiros e os padeiros ganham mais dinheiro. Os consumidores comem, sem o saber, um produto inferior. E em todos os países em que o pão é a parte principal da alimentação, as populações degeneram. Gastam-se enormes quantias na publicidade comercial. Assim, imensos produtos alimentares e farmacêuticos inúteis, e muitas vezes prejudiciais, tornaram-se uma necessidade para os homens civilizados. Deste modo, a avidez dos indivíduos suficientemente hábeis para orientar o gosto das massas populares para os produtos à venda desempenha um papel capital na nossa civilização.
Alexis Carrel em 'O Homem esse Desconhecido' (lá no Citador - grifo nosso)

sábado, 9 de agosto de 2008

The world's hardest game

Mais um joguinho pra se divertir no fim de semana. É o Jogo mais difícil do mundo (traduzido para o português). Jogue online no UOL ou na página de seu criador aqui (clique no botão PLAY).
 
The world's hardest game
 
Você é o quadradinho vermelho e tem de ir de uma área verde até a outra desviando-se das bolinhas (que estarão e movimento lá no jogo).

Bíblias nas Olimpíadas 2008

Notícia do Jornal Record, de Portugal, através do Irmãos.com:
 
Bíblias serão distribuídas gratuitamente durante jogos de Pequim
 
A organização chinesa dos Jogos Olímpicos de Pequim vai distribuir exemplares gratuitos da Bíblia durante o evento.
 
O livro sagrado será disponibilizado aos atletas, aos turistas e a quem o solicitar, nas igrejas e na Aldeia Olímpica.
 
Na capa estará o logótipo das Olímpiadas. O reverendo Xu Xiaohong, em declarações à imprensa estatal chinesa, explica a associação entre "o espírito olímpico e o espírito de levar uma vida orientada para um objetivo, que é algo em que os cristãos acreditam".
 
 
Um internauta comentou lá no Irmãos.com:
 
"Não se enganem, esta é apenas uma tentativa de coibir a entrada de Bíblias no país."
 
Será?!
 
 
Veja também outras notícias:

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Consumo da fé

Fechando o ciclo de posts sobre o consumismo, o Mural vem recomendar alguns conteúdos interessantes sobre esse mal, e agora relacionado ao lado religioso das pessoas.
Ehhh. É uma pena, mas é a verdade. O mal do consumismo tem atingido também a nossa Fé.
.
Recomendamos a leitura do artigo Cristianismo de consumo de T. A. McMahon e o podcast O mercado da fé lá do Irmãos.com. O podcast tem uns 53 minutos e pode ser ouvido online ou baixado no formato mp3 (o de menor qualidade, 32 Kbps, não é tão grande, tem só 12,09 MB). O aúdio é um debate bem legal entre umas 5 pessoas).

Central de atendimento diferenciado

Burocracia

Eu tenho saudade quando todos éramos iguais perante Deus - sacerdotes dEle, com acesso livre a sua presença, através do único mediador, Cristo Jesus. (Rubinho Pirola)
"Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;" 1 Pe 2:9

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Freegan ou Freecycle Network?

Cansado da sociedade de consumo em que vivemos?
Que tal tornar-se um Freegan?
 
ou então...
 
Experimente entrar para a Freecycle Network.

Ollhando à sua volta

Aquela poderia ser mais uma manhã como outra qualquer. Eis que o sujeito desce na estação do metrô: vestindo jeans, camiseta e boné, encosta-se próximo à entrada, tira o violino da caixa e começa a tocar com entusiasmo para a multidão que passa por ali, bem na hora do rush matinal. Mesmo assim, durante os 45 minutos que tocou, foi praticamente ignorado pelos passantes.
 
 
Ninguém sabia, mas o músico era Joshua Bell, um dos maiores violinistas do mundo, executando peças musicais consagradas num instrumento raríssimo, um Stradivarius de 1713, estimado em mais de 3 milhões de dólares.
 
Alguns dias antes Bell havia tocado no Symphony Hall de Boston, onde os melhores lugares custam a bagatela de mil dólares. A experiência, gravada em vídeo, mostra homens e mulheres de andar ligeiro, copo de café na mão, celular no ouvido, crachá balançando no pescoço, indiferentes ao som do violino. A iniciativa realizada pelo jornal The Washington Post era a de lançar um debate sobre valor, contexto e arte.
 
A conclusão: estamos acostumados a dar valor às coisas quando estão num contexto. Bell era uma obra de arte sem moldura. Um artefato de luxo sem etiqueta de grife. Esse é um exemplo daquelas tantas situações que acontecem em nossas vidas que são únicas, singulares, e a que não damos a menor bola porque não vêm com a etiqueta de seu preço. O que tem valor real para nós, independentemente de marcas, preços e grifes? É o que o mercado diz que você deve ter, sentir, vestir ou ser?
 
Essa experiência mostra como na sociedade em que vivemos os nossos sentimentos e a nossa apreciação de beleza são manipulados pelo mercado, pela mídia, e pelas instituições que detém o poder financeiro. Mostra-nos como estamos condicionados a nos mover quando estamos no meio do rebanho.
 

Música: David Delgado

Aqui vai uma dica de música pra quem se liga em louvor e adoração também em outras línguas - neste caso, o inglês.
 
David Delgado David Delgado é um mexicano que pastoreia a Fellowship Family Church em Grand Prairie, Texas (EUA). Ele compõe, toca, canta e, o que é muito bão pra nós, oferece suas músicas para download de forma gratuita na net.
 
Baixe as músicas de David Delgado a partir de sua página no FreeWorshipMusic.com (Você também pode ouvir as músicas online antes de baixá-las) ou em seu próprio site, o DavidDelgado.com. O Mural não conferiu direitinho, mas parece que o primeiro site tem mais músicas que o segundo; são 14 divididas entre seus 3 CD's.
 
David também disponibiliza no FreeWorship.com as letras (lyrics) e cifras (chords) de suas músicas pra o caso de você querer cantá-las e/ou tocá-las.
 
E se você prefere, ou também gosta de versões intrumentais, há versões das músicas que estão no FreeWorship.com tocadas em piano lá no SoundClick.com.
 
O Mural recomenda especialmente as músicas I give you everything, God of heaven, Blessing and Honor e Devotion. Bem, mas essa é nossa opinião. Prove e veja você mesmo as que mais lhe agradam.
 
Uma observação final: o Free WorshipMusic.com é uma iniciativa do próprio David, e lá há inda outros artistas que disponibilizam seu trabalho pra download.
 
 
Imagem tirada de FreeWorshipMusic.com.

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Consumo, Entropia e Apocalipse

O consumo contribui para o aumento da entropia (imagine o consumo desenfreado, o consumismo, hein?) e esta, por sua vez, desemboca no Apocalipse.
Sério?
Leia sobre O caos e a ordem e depois reflita.
Tendo ainda fôlego e estando apto para uma leitura mais avançada, leia

Amém, Amém.

De tudo que há para se dizer amém,
certamente o que nos move a amar
é o que se deve perseguir, e convém
que se desprenda do muito clamar.
Não precisamos de mais nada.
Nada nos pode deixar em paz,
nem o choro nem a risada,
horizonte, o essencial e fugaz.

Você não precisa de um deus,
nem precisamos de um sonho.
Não precisamos dos ateus,
nem de um rito enfadonho.
De tudo que dizem necessário
e que só faz escoar pelos ralos,
dos verbos e dos predicados,
só preciso do amor e de amar.

Você não precisa da Veja.
Você não precisa da Net.
Você não precisa da igreja...
E nem precisa dar certo.
Você não precisa de auto-ajuda,
não precisa vencer,
nem vir a ser,
estabelecer...

Nem de família nos porta-retratos,
se o amor se desprende dos atos...
Nem de amigos aos montes, Orkut,
se não curtes afeto, abraço.
Não preciso carregar tralhas,
nem falhas ter que preencher.
Sem amar e sem amor, vou ser
eu próprio uma fenda no mundo.

Se a uma coisa só devesse me agarrar,
como quem ao filho do abismo salva,
e se do amor fizesse corda e aljava,
dele e só dele não me deixaria esgarrar.
De tudo o que seja imprescindível,
- não como uns barcos de papel
que, encharcados do tempo pesado,
vêm-se desmanchar e naufragados
- fica só o só amor impermeável.

Você não precisa de sabedoria,
pasmem, nem da poesia.
Quebram-se em mil letrinhas
se do vaso se entorna o amor.
Não precisamos do silêncio,
da paz ou da solidão.
Segurança da experiência,
amuleto da oração.
Não precisamos de irmão.
Mito, guru, padre, pastor...
Se da fé se exorciza o amor.
De onde vem que nos seja dado,
emergir do oceano das vaidades
sem a nenhum amor estar agarrado?

De tudo o que se deve temer,
e que tornam desveladas as noites,
habitar-se num’alma sem amor,
será e é meu querido e único algoz.
 

No supermercado

SUMERMERCADO

Clique sobre a imagem para ampliar.

Fonte: Ryot IRAS

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Você é consumista?

Mais um post sobre consumismôôô!
 
Mas peraí... Você ainda tá por fora desse tema (consumismo)? Faltou à última EBD, num foi? Hummmm. Tudo bem. O Mural te dá uma colher de chá se você não sabe que bicho é esse ou se você ainda precisa ler algo mais pra se inteirar do assunto.
 
O consumismo é nada mais do que uma nova religião aí que tem até deus, templo e uma certa "filosofia do quê se buscar". Acha meio estranho? Veja esse link aqui.
 
Bem, o foco mesmo do post é a questão: Você é consumista?
 
Se você não consegue se definir, então clique aqui e faça o teste online! Lá na página do teste tem links pra mais coisas, como, por exemplo, uma matéria mostrando o perfil do JOVEM consumista e ainda teses e dissertações sobre o consumo e temas correlatos.

JAIDLYYM

2695638447_8e6d83ca9c_o

Clique sobre a imagem para vê-la em tamanho maior.

Retrato da realidade do jovem brasileiro

Sonhos, medos, vontades, dúvidas e certezas do jovem brasileiro. Com esse ambicioso título, a Folha de S.Paulo divulgou o perfil da geração entre 16 e 25 anos. A pesquisa do Datafolha fez 120 perguntas a 1.541 entrevistados, em 168 cidades do País e, com base nos resultados, traçou um retrato de 35 milhões de pessoas (19% da população), sobre as quais repousam as esperanças de um futuro melhor para o País.
 
Dois dados são desanimadores. Enquanto parcelas de 21% e 17% consideram a violência como o maior problema, respectivamente, do mundo e do País, apenas 1% sonha com um mundo em paz. Sinal de acomodação, de aceitação passiva da realidade? Os números provocaram indagações e opiniões amargas, sintetizadas com perfeição numa manchete de página interna do mesmo suplemento, que proclama: "A economia soterrou o sonho".
 
O dado principal para o desânimo é o valor dado à soma dos quesitos trabalhar/formar-se numa profissão, ter emprego, ter negócio próprio e ser bem-sucedido, que se aproxima do índice de 40%. Isso mesmo: a carreira profissional e a renda dela advinda (com tudo que representa em conforto, segurança, etc) é a aspiração de menos da metade dos jovens brasileiros que, quanto ao grau de ensino, se dividem em fundamental (22%), médio (63%) e superior (14%). Na faixa dos 16 e 17 anos, uma maioria de 34% tem como aspiração formar-se numa profissão, enquanto o maior desejo, para os que têm entre 22 e 25 anos é a realização profissional (17%). Anseios compreensíveis de ascensão social e econômica, quando se leva em conta que 73% dos jovens vivem em famílias com renda abaixo dos cinco mínimos. Mas o que fazem e como planejam concretizar seus objetivos? Mais da metade (54%) estuda e aqui surge um dado interessante (pelo menos na quantidade): 91% dos garotos de 16 e 17 anos estão na escola. Mas a ducha de água gelada vem em seguida: 54% dos jovens repetiram de ano - um fracasso ainda mais grave quando se considera a baixíssima qualidade do sistema educacional brasileiro e as frágeis provas escolares de avaliação. Em outras palavras, esses lamentáveis 54% levantam uma dúvida: o que aconteceria se as escolas oferecessem ensino de melhor qualidade, com maior exigência e professores melhor capacitados? A pesquisa do Datafolha não só lança luz sobre uma realidade cinzenta, mas também mostra a necessidade de se oferecer aos jovens meios eficazes para que possam conquistar seus sonhos. Alguns depoimentos publicados no suplemento traduzem a saga dos que buscam o primeiro emprego, tendo de enfrentar, já de início, uma taxa de desemprego que abarca quase metade dos jovens entre 16 e 25 anos. Em seguida, vêm as alegadas falta de experiência profissional e de competências indispensáveis para quase todas as vagas - conhecimentos de informática e de outro idioma -, além de atitudes como disciplina, vontade de aprender, trabalho em equipe. Outra pesquisa, esta do instituto TNS InterScience, mostra que o estágio é um promissor caminho para milhares de estudantes que conseguiram treinamento prático em empresas: 64% dos estagiários do CIEE conquistam a tão sonhada carteira assinada. Sem considerar seu valor como fator de desenvolvimento pessoal, educacional e profissional dos novos talentos, o estágio merece o lugar que conquistou na mente e corações dos estudantes. E que, felizmente, vem ocupando no planejamento estratégico de um número crescente de empresas.
 
Luiz Gonzaga Bertelli (presidente executivo do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e diretor da Fiesp) Na Gazeta Mercantil via Yahoo! Notícias.

Por fora das últimas

Tem gente confundindo as coisas por aí e não anda entendendo muito bem as últimas da tecnologia.
Duvidam? Veja com seu próprios olhos aqui.

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

A poção armadilha

Você já ouviu falar em poção do amor certamente, mas "poção da gastança" lhe soa estranho, não?
 
O Mural vai buscar publicar esta semana posts sobre o tema abordado recentemente na EBD "Os males do consumismo". Começamos falando dessa tal poção da gastança.
 
 
 
Poção da gastança
Cheiros bons deixam você mais consumista
 
Você sente na pele. Nada é mais eficiente para engatilhar uma emoção que o olfato. É só ter contato com um odor que lembre alguma coisa boa, que não tem erro: a emoção volta, você fica feliz (por um tempinho, pelo menos). Mas tem algo nessa história que pode não cheirar bem, pelo menos para o bolso. Segundo pesquisas recentes, esse poder dos odores pode ser usado para deixar os consumidores mais vorazes, e os comerciantes mais ricos. O psicólogo Eric Spangenberg e sua equipe, da Universidade de Washington, fizeram um estudo sobre isso numa loja de roupas. Eles impregnaram o ar de lá com um cheiro “feminino”, de baunilha, e a venda de saias, blusinhas e vestidos dobrou. Depois fizeram a mesma coisa usando um odor “macho”, amadeirado. E o que duplicou foi a venda de roupas masculinas.
 
Em outra experiência, da Universidade de Nova Jersey, espalharam um cheiro cítrico “prazeiroso”, segundo os pesquisadores, num shopping canadense. E foram conversar com as pessoas enquanto elas faziam suas compras. Então dividiram os entrevistados em dois grupos: o dos “contemplativos”, que só vão ao shopping para comprar algo que já tinham planejado, e os “impulsivos”, chegados em torrar dinheiro. Neste último grupo, o odor não surtiu efeito. Mas no dos contemplativos foi bem diferente: eles gastaram 14% a mais em comparação com os que não tinham sido expostos ao perfume. E a coisa vai mais longe. Um estudo da Universidade de Zurique, na Suíça, mostrou que as pessoas tendem a confiar cegamente nas outras quando inalam um hormônio chamado ocitocina (liberado durante o orgasmo). Desse jeito, seria difícil não cair na conversa de um vendedor se borrifarem o tal hormônio em uma loja. Acreditou no que está escrito aqui? Bom, talvez tenhamos pingado alguma coisa nesta página para você inalar. Vai saber...
 
Por Alexandre Versignassi e Rodrigo Rezende (Revista Superinteressante)
 
 
E você? Acredita nisso? Ou acha que essas pesquisas são questionáveis?
 
Amanhã tem mais.
Related Posts with Thumbnails