quarta-feira, 30 de junho de 2010

O segredo do sucesso

O segredo do sucesso é a constância de propósito.
 
Benjamin Disraeli
[Clique no nome]

terça-feira, 29 de junho de 2010

A estrada menos trilhada


Foto: Imagens do Google

Hoje, acordei pensando no caminho estreito, naquele caminho pouco trilhado, sem grandes atrativos. Antes, confesso que nem sempre escolhi essa estrada apertada. Mariposa, voei desesperado em busca de luzes, querendo o brilho da fama. Tantas vezes busquei as passarelas largas. Hoje, ao contemplar meus antigos passos, percebo que andei em círculo, rodopiei, patinei, ofuscado por labaredas fugazes. As lamparinas que desejei eram falsas. Ultimamente, não sei se devido a idade, as decepções ou mesmo a uma revelação sagrada, passei a interessar-me por trilhas menos atraentes.

Fui marcado na juventude pelo poeta norte americano Robert Frost. Mas, antes de sua poesia, preciso contar um pedacinho de sua história. Frost ganhou notoriedade quando ainda era jovem. Ele foi um talentoso poeta. Ganhou quatro prêmios Pulitzer. Com a fama, vieram os apelos para o estrelato. De todas as partes surgiam convites para que escrevesse sob encomenda, que se projetasse. Frost encarava tais convites como o canto da sereia, sedutor, mas mortal para a alma. Ele preferiu continuar como professor universitário, sem as badalações do sucesso.

Li o seu mais famoso poema, “The Road not Taken – A Estrada não percorrida” e nunca mais fui o mesmo. Quero repartir com você, meu irmão, uma tradução livre do poema – que certamente não reflete a sua grandeza (procure lê-lo em inglês).

Duas estradas divergiam numa árvore amarela
E me ressenti não poder ambas percorrer
Sendo um só viajante, por muito me detive
E observei uma até quão longe pude
Só para observar que na relva desaparecia

Então segui pela outra, tão boa quanto,
E talvez por ter melhor reclame
Mais ramos possuía e talvez por ansiar uso
embora, quanto a isso, o caminhar, no fim,
as tivesse marcado por igual.

E, naquela manhã, em ambas igualmente jaziam
Folhas que passo algum pisara.
Ó deixei a primeira para outro dia!
E sabendo que um caminho leva a outro caminho
Duvidei se algum dia eu voltaria.

Isto eu hei de contar mais tarde, num suspiro
Em algum ponto, eras e eras ainda nesta existência,
Duas estradas bifurcavam numa árvore,
Eu trilhei a menos percorrida,
E isto fez toda a diferença.

Quando Robert Frost já havia completado 86 anos, John Kennedy o convidou para que lesse sua poesia na cerimônia de inauguração como presidente dos Estados Unidos, em 20 de janeiro de 1961. Robert Frost escolhera a estrada menos percorrida. E naquele dia viu que havia feito toda a diferença.

Jesus contou uma parábola sobre um semeador. Enquanto ele jogava as sementes, parte delas caiu em terreno duro. Mas nenhuma das que cairam na terra batida, frutificou. Em terra pisada, a vida não germina. No caminho por onde segue a maioria, o chão se enrijece pavimentado pela contenda. Rivalidades empurram as pessoas a desejarem os primeiros lugares e quando todos optam pelo caminho da notoriedade, a disputa amesquinha. Torna-se tão importante ganhar que os Narcisos se odeiam e os Neros desconfiam da própria sombra.

Quem escolhe o caminho menos repetido, abre mão dos aplausos, dos tapinhas nas costas e dos confetes. Na verdade, as pessoas não invejam as conquistas dos grandes heróis, sequer o preço que pagaram, mas cobiçam os aplausos, as ovações e a bajulação dos triunfantes. E tudo isso não passa de vaidade, de um nada de nada.

Plutarco escreveu a hagiografia – biografia ufanista – de Júlio César. Júlio César foi, com certeza, um dos maiores imperadores de todos os tempos. Seu reinado marcou a história de tal maneira que os sucessores ao trono romano adotaram seu nome. Augusto, Marco Aurélio e todos os demais também queriam ser César. Até imperadores da Rússia passaram a se chamar de Tsar – César em russo – e os germânicos, de Keiser - César em alemão.

Acontece que o próprio Júlio César era insatisfeito consigo mesmo. Ele invejava Alexandre, o Grande. Plutarco narra que certa vez flagrou Júlio César banhado de lágrimas enquanto lia a vida do imperador da Macedônia. Plutarco perguntou o motivo das lágrimas: “Choro não por Alexandre, que morreu tão cedo, mas por mim. Com a minha idade Alexandre já havia conquistado o mundo e eu nada fiz”.

Eis o nó: todos queriam ser iguais a Júlio César, mas ele queria ser Alexandre. Todavia, o cenário foi pior: O grande Alexandre não era satisfeito consigo mesmo. Ele queria ser Hércules. Mas Hércules não existia, pois era um personagem mitológico.

Amigo, entendamos: o caminho mais usado não leva a lugar nenhum porque termina no inferno da perfeição. Perfeição que cobra dos humanos um padrão que só os deuses mitológicos alcançam. Fuja dessa armadilha que não só fatiga como destrói com o ácido chamado ansiedade.

Portanto, não se sinta diminuído pelo anonimato. Nunca pense que jogou a vida fora por não ter alcançado as luzes da ribalta. Jamais inveje os que gravaram o nome na calçada da fama. Tudo vira pó. A glória humana se dispersa em nada. Dedique-se a construir relacionamentos significativos. Priorize os encontros despretensiosos. Doe-se sem esperar recompensa humana.

Escolha abrir sua própria picada. Evite bitolas, cabrestos, vendas, algemas. Escreva a sua história sem se preocupar se alguém vai considerá-la digna de ser publicada. Só você conhece o valor de seus momentos. Um dia, com um suspiro, você também verá que duas estradas bifurcaram e valeu ter viajado pela menos preferida.

Abraços,

Ricardo
Soli Deo Gloria

Ricardo Gondim

Como comentar no blog

Algumas pessoas revelaram ao Gonzaga há certo tempo que não sabiam como comentar os posts do blog. Outros até disseram que não sabiam que isso era possível!!
 
Pois bem, para ajudar essas pessoas a manifestarem suas opiniões e interagirem mais com o Mural, resolvemos criar um guia de publicação de comentários. Pode parecer um tanto longo, mas é detalhado e, portanto, vale a pena lê-lo até o final.
 
Primeiro de tudo. Procure no rodapé do post o qual quer comentar o conjunto de informações-links que ficam após as figuras dos post relacionados (como na figura abaixo).
 
 
Rodapé do post (Mural na Net)
 
 
Observe o texto-link '0 comentários' ao lado do campo que informa quem é o autor da postagem e a hora em que a mesma foi publicada. O número 0 (zero) se alterará para 1, 2, 3 5, 10 etc. de acordo o número de comentários que o post já recebeu.
 
Clique no texto 'X comentários'. Uma janela como a vista na figura abaixo vai se abrir (clique nela para ampliá-la). O retângulo abaixo do texto 'Escreva aqui seu comentário…' é o espaço reservado para você escrever sua opinião, crítica etc., a respeito do conteúdo do post. Leia-o com atenção, OK?
 
Janela de comentários do post [clique para ampliar]São permitidas algumas formatações especiais no texto dos seus comentários: itálico, negrito e texto em forma de link o qual levará quem clicar nele à página ao qual o mesmo remete. Tais formatações só serão visíveis depois do comentário ter sido publicado ou de você pedir para pré-visualizá-lo. Mostraremos como se faz logo mais.
 
Como inserir as três formatações:
 

■ Itálico – coloque o trecho de texto entre as tags HTML <i> e </i>. Exemplo: <i>Legal</i>;

■ Negrito – coloque o trecho de texto entre as tags HTML <b> e </b>. Exemplo: <b>Atenção</b>;

■ Link – há duas formas de fazer isso. Na primeira você insere somente o endereço e ele mesmo será o texto vinculado ao link (vai aparecer assim: http://muralnanet.blogspot.com). Na segunda o link fica embutido no texto (vai aparecer assim: Mural na Net). Faça uso da primeira opção colando o endereço do site, blog etc. entre as tags HTML <a> e </a>. Exemplo: <a>http://muralnanet.blogspot.com</a>. Faça uso da segunda opção usando as tags assim <a href="XXX">AAA</a>, onde XXX dever ser o endereço e AAA o texto que terá o endereço embutido. Exemplo: <a href="http://muralnanet.blogspot.com">Mural na Net</a>. Você também pode inserir um link sem usar tag alguma; porém, o mesmo aparecerá como um texto comum. Quem quiser visitar o endereço terá de copiar o link e colá-lo na barra de endereços do navegador.

 

O próximo passo é inserir a palavra de verificação que serve para o sistema do Blogger certificar-se de que você é uma pessoa de verdade. A coisa é simples: no campo Verificação de palavras digite a palavra que aparece meio deformada logo acima dele!
 
Agora é hora de escolher como você porá sua identidade no comentário (campo Escolher uma identidade). De baixo para cima as opções são:
 
  • Anônimo – não será cobrada de você qualquer informação de identificação. Encorajamos, porém, as pessoas a identificarem-se quando fizerem comentários, pois o Mural é democrático. Nós não analisamos os comentários antes de autorizar sua publicação ou praticamos perseguição a quem comenta aqui — assim que você terminar o processo, o comentário já será publicado. Estamos abertos ao diálogo e somos favoráveis à livre manifestação de pensamento;
  • Nome/URL – nesta opção basta inserir um nome e um endereço da internet. O endereço pode ser o do seu blog, website, Twitter etc. ou o seu email. Não se preocupe, pois seu email não ficará visível aos outros; somente o endereço do seu blog/website aparecerá como link vinculado ao nome que você forneceu, ou seja, se alguém clicar em seu nome, será direcionado ao seu blog ou website;
  • OpenID – insira sua OpenID caso tenha uma conta no LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM (AOL Instant Messenger);
  • Conta do Google – esta é provavelmente a melhor opção de identificação. Se você já tem conta no Google, é só inserir o nome de usuário (email) e a senha. Sua conta no Gmail ou Blogger serve, e creio que a conta do Orkut também deve servir. Também há a opção de criar uma conta na hora; é só clicar no link lá Crie uma aqui. Existe um recurso bastante útil que aparecerá somente se você escolher comentar usando uma conta do Google – lembrete: é possível já entrar no formulário de comentários logado na conta do Google quando no mesmo navegador você já tiver com essa conta aberta numa janela diferente ou numa guia diferente. O recurso se chama Comentários de acompanhamento, e faz com que comentário futuros feitos por outras pessoas no mesmo post sejam enviados para seu email da conta Google, o que lhe permite saber o que elas andam comentando lá sem ter de visitar o post periodicamente. Para ver esta opção sem ainda estar logado proceda normalmente todos os passos até chegar aqui; então insira seus dados da conta Google, mas não clique direto no botão Publicar comentário; clique no botão Visualizar, pois aí o sistema vai recarregar o conteúdo da janela e exibir a opção Enviar por email comentário de acompanhamento.

 

Se você ainda não tem uma conta no Google, sugiro criar um Gmail (clique aqui), pois é um ótimo email e com ele você pode ter acesso aos demais serviços que pertencem ao Google (Blogger, Orkut, Wave, Docs, Agenda on line etc.), além de servir como passaporte para você ter acesso à ferramenta Seguidores de um blog. Saiba como tornar-se seguidor de um blog acessando o tutorial publicado no blog Scraps Gospel (clique aqui). As vantagens de tornar-se seguidor mostraremos em outro post ainda a ser publicado.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Sou apaixonado por você, Tereza !



“O mundo que Deus nos deu é mais do que suficiente, segundo os cientistas e pesquisadores, para todos; existe riqueza mais que de sobra para todos. É só uma questão de reparti-la bem, sem egoísmo. O aborto pode ser combatido mediante a adoção. Quem não quiser as crianças que vão nascer, que as dê a mim. Não rejeitarei uma só delas. Encontrarei uns pais para elas.

Ninguém tem o direito de matar um ser humano que vai nascer: nem o pai, nem a mãe, nem o estado, nem o médico. Ninguém. Nunca, jamais, em nenhum caso. Se todo o dinheiro que se gasta para matar, fosse gasto em fazer com que as pessoas vivessem, todos os seres humanos vivos e os que vêm ao mundo viveriam muito bem e muito felizes. Um país que permite o aborto é um país muito pobre, porque tem medo de uma criança, e o medo é sempre uma grande pobreza.”

“Os pobres que buscamos podem morar perto ou longe de nós. Podem ser material ou espiritualmente pobres. Podem estas famintos de pão ou de amizade. Podem precisar de roupas ou do senso de riqueza que o amor de Deus representa para eles. Podem precisar do abrigo de uma casa feita de tijolos e cimento ou da confiança de possuírem um lugar em nossos corações.”

Um Muito obrigado e ela morreu

“Uma noite, saímos às ruas e recolhemos quatro pessoas das ruas. Uma delas, no entanto, estava num estado terrível. Eu disse as outras irmãs que cuidassem das outras, que eu me encarregaria de cuidar da que estava no pior estado. Então, fiz tudo que meu amor poderia fazer. Cuidei dela, a pus na cama, e então vi um lindo sorriso em seu rosto. Ela apenas pegou em minha mão e disse-me: “Muito obrigado” e morreu.

Não pude deixar, então, de examinar minha consciência diante dela. Foi então que perguntei: O que teria feito eu em seu lugar? E minha resposta foi muito curta e simples: Eu teria tentado atrair um pouco de atenção a mim mesma. Eu teria dito: “ Eu estou faminta, estou morrendo, estou com fome, estou com fome e frio.” ou algo parecido.

Mas, ela me deu muito mais, me deu seu amor incondicional, e faleceu com um grande sorriso no rosto.”

“Ouve outro caso, de um homem que recolhemos, com vermes por todo o corpo, o qual após o termos trazido ao Lar, nos disse: “Tenho vivido como um animal nas ruas, mas vou morrer como um anjo, tratado e cuidado”. Após termos retirado todos os vermes de seu corpo, tudo o que disse com um grande e belo sorriso foi: “ Irmã, estou voltando para casa, para Deus” e morreu. Foi tão belo este momento. Ver a grandeza daquele homem, que pôde falar aquilo sem culpar ninguém, sem comparar com nada, verdadeiramente como um anjo.

Esta é a grandeza das pessoas ricas de espírito, mas pobres materialmente.”

Madre Teresa

domingo, 27 de junho de 2010

A Boa Nova do palavrantiga


Tenho um amigo que possui um blog cujo titulo é o "Pescador de sururu, retirando da lama alimento para a alma”. Tudo bem se você não é alagoano; deve estar se perguntando o porquê e que troço é sururu. Eu explico: o sururu é um molusco bivalve (está inserido entre 2 conchas), típico de Alagoas. Seu principal habitat no Estado de Alagoas é o fundo lamoso rico em matéria orgânica das lagoas, ou seja, o sururu cresce na lama, e sem se contaminar, por causa das suas conchas. Ele é também um alimento que sacia a fome de muitos alagoanos.

Por isso o nome "Pescador de sururu", pois insiste em acreditar que em meio a essa lama da podridão social e religiosa ainda existe alguns sururus para alimentar a alma. A tarefa é um tanto difícil, pois o sururu está quase em extinção, mas enquanto houver sururu estarei pescando-o.

E é com as palavras do meu amigo Tacisio Paz que descrevo a alegria e o prazer de trazer até vocês o som agradável e de qualidade do palavrantiga.

Com referências musicais de Los Hermanos, Coldplay e U2, os rapazes do palavrantiga são uma fonte de alimento para a alma em meio a podridão de lama que nos cerca.

A História

Dois mineiros, dois capixabas. Eles já tocam juntos há mais de 5 anos participando de outros projetos e desde 2008 são o palavrantiga. Cada um faz coisas diferentes em trabalhos paralelos ou estudos, mas antes da faculdade já havia algo em comum que, obviamente, os uniu como banda – a música.

Marcos Almeida estuda Arte-Educação, Lucas Fonseca está na faculdade de História, já Felipe Vieira estuda Engenharia Ambiental e Josias Alexandre está perto de ser um engenheiro eletricista. E se nada disso consegue se conectar na sua cabeça, imagine que tudo pode inspirar uma boa música.

A expressão palavrantiga, mais do que um neologismo, é um conceito. “É a união de 4 amigos (Lucas Fonseca - Bateria, Felipe Vieira - Contra-baixo, Josias Alexandre - Guitarras, Marcos Almeida - Vocal e Violão) que se divertem com a boa nova da reconciliação em suas vidas, dia após dia”, afirma Felipe Vieira.

Uma banda que deseja transmitir uma ideia necessária ao viver desses tempos, que se resume numa única expressão sempre usada pelos membros da banda e que vem se espalhando entre os amigos: “Alegria sempre!”.

O feedback do conceito e de tudo que foi produzido a partir dele é extremamente positivo e gera ainda mais sorrisos. Foram mais de 4.000 EPs vendidos em um ano, utilizando o formato SMD – inovador e ideal para uma banda independente que está no início. “O EP em formato SMD possibilitou que mais pessoas nos conhecessem. Acredito que nesse sentido ele foi mais eficiente que um CD convencional”, enfatiza Josias Alexandre.

Um número expressivo, ainda somado a quase 130 mil “plays” distribuídos pelas músicas do MySpace, além de 7 comunidades criadas no Orkut. A maior delas já passou dos 1.700 membros ativos e ávidos em receber mais novidades sobre a banda. Desde a simples cifra de uma faixa do EP, até discussões mais elaboradas sobre a poesia das canções. Há apenas poucos meses o grupo está no Twitter e seu número de seguidores não para de crescer. É por lá que agora se pode encontrar o cotidiano de pessoas que citam versos de palavrantiga em 140 caracteres. Um espaço mais dinâmico e rápido para divulgação de novidades da banda e contato direto com os amigos.

Para o grupo, qual o segredo deste caminhar inicial bem sucedido? “Vi que a gente estava dando esperança para muitas pessoas”, explica Marcos Almeida sobre seus encontros com amigos que admiram o som do palavrantiga. “É basicamente esse o teor das conversas: esperança, edificação, gratidão, alegria!”, completa o cantor.

Mas melhor que falar destes rapazes é ouvi-los. Então, com vocês o som de qualidade do palavrantiga no SomdoMural.







sábado, 26 de junho de 2010

Doodle God (post atualizado)

Doodle God é o joguinho bastante original que recomendamos neste fim de semana. Agora, adianto logo que ele exige um certo nível de conhecimento de inglês. Bem, na verdade, os nomes das coisas que vão aparecer também são seguidos de imagens bastante sugestivas, e como o jogo não conta tempo, dá pra jogá-lo com um dicionário online aberto em outra guia do navegador e aí, sempre que precisar, dar uma consultada lá. Sugiro o uso do Dicionário Michaelis.
 
 
Doodle God
Tela de Doodle God com 4 grupos adicionais e 21 elementos criados.
 
 
Primeiro de tudo, Doodle God significa, numa tradução livre da minha parte, Deus dos Rabiscos. O jogo se inspira em crença religiosa, um pouco de mitologia e ciência.
 
Nesse jogo você faz o papel de Deus (ou seria melhor ‘de um deus’?) criando o mundo. A partir de 4 elementos básicos – terra, fogo, água e ar – você tem de criar coisas mais complexas: energia, vida (micróbios, insetos, animais), vulcões, processos físicos/químicos etc. etc. etc.; tudo isso para que o mundo chegue ao que é hoje – quer dizer, acho que o objetivo final é esse. 115 coisas (Elements) e 14 grupos de coisas (Groups) precisam ser criados. Cada novo Element vai fazer parte de um grupo e algumas combinações mais geniais vão criar Groups (Animais, por exemplo). Ao manipular primeiramente os 4 elementos você estará usando a mitologia. Depois que criar coisas mais complexas aí já entra a ciência. Então lembre que a partir daí a lógica de criação de coisas, quando se referir a vida, segue a teoria da evolução evoILUSÃO, entendeu? Não quero falar muito pra não tirar a graça já que o legal é ir tentando combinar as coisas e ver no que dá. Mas não fique tão preocupado com a lógica de criação porque ela não é tão rígida assim. Pelo menos até onde joguei algumas combinações um tanto tolas resultaram em outras ‘criações’!
 
Duas dicas! Você pode combinar elementos de um mesmo grupo. Basta selecionar um grupo duas vezes, uma de cada lado da tela. E saiba que o jogo guarda seu progresso. Pode fechar o navegador que quando você voltar vai começar de onde parou.
 
Na barra inferior da tela do jogo:
■ A seta faz você voltar atrás desfazer um grupo selecionado para poder escolher outro, por exemplo);
■ A lâmpada oferece ideias/dicas caso dê um branco ou te falte criatividade;
■ Os quadradinhos com linhas ao lado mostram o histórico de combinações que você já tentou;
■ A interrogação mostra as instruções do jogo (só dicas básicas… como selecionar os elementos e combiná-los).
 
CLIQUE AQUI para jogar.
 
Leve na esportiva, não se irrite com o criador do jogo e… Boa diversão!

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Pontos de coleta de donativos em Alagoas

 
E uma boa notícia dos Correios! A partir de hoje eles estão aceitando donativos para as pessoas afetadas pelas chuvas que caíram aqui em Alagoas, e o custo da postagem é zero, isto é, não será cobrado nada do doador-remetente! Agora, o empacotamento dos produtos fica por conta de quem está doando. Clique aqui e saiba o tipo de produtos que eles estão aceitando e o endereço para onde deverão ser enviadas as doações.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Gandalf (O Senhor dos Anéis) vai à Copa 2010

Ou seria Gandalf de O Senhor dos Anéis – A sociedade das Vuvuzelas? Assista e ria!
 
 
 

De Volta pro Aconchego ....

“Estou de volta pro meu aconchego,trazendo na mala bastante saudade
Querendo um sorriso sincero, um abraço,para aliviar meu cansaço
e toda essa minha vontade...”


Olá, pessoas! Quem acompanha o nosso humilde blog lembra que no dia 1º de junho peguei os caminhos da América do Sul com mais 3 amigos. Foram dias inesquecíveis. Cada curva da estrada pintava em nós uma nova América, cheia de peculiaridades, cores e variações culturais de uma beleza singular.

A liberdade da estrada, as noites em albergues e ônibus, a comida típica de cada povo, as músicas, o jeito de ser de nossos irmãos sulamericanos, as particularidades dos gringos nos albergues, a imponência da Cordilheira dos Andes, a força do Paciíico e tantos outros lugares que desbravamos em vinte e poucos dias de viajem por Bolívia, Chile e Peru ficarão para sempre em nossa memória.

Mas sabe de uma coisa? Parafraseando a canção de Dominguinhos e Nando Cordel eu digo com toda a minha alma
“Que bom pode tá contigo de novo”... é duro ficar sem vocês de vez em quando, parece que falta um pedaço de mim.. Me alegro na hora de regressar, parece que vou mergulhar na felicidade sem fim”.

É isso. Depois destes dias na estrada é muito bom tá em casa de novo, poder abraçar aqueles que amo, ou mesmo tá aqui falando com vocês, é indescritível. Senti muita falta destes nossos encontros casuais, então eu só queria dizer que “Estou de volta pro meu aconchego e que é muito bom tá com vocês outra vez”.

De brinde, queria deixar pra vocês esta canção belíssima, na interpretação destas duas feras nordestinas, Elba Ramalho e Dominguinhos.

Gonzaga Jr

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Contaminação Espiritual

Contaminação Espiritual [Alcione Emerich - editora Hagnos] Contaminação Espiritual, de autoria de Alcione Emerich, é um livro onde o mesmo deseja advertir e desafiar cristãos evangélicos sobre a religiosidade não cristã que contamina as igrejas evangélicas brasileiras. Junto com a obra vem um desafio bíblico para um autoexame que somente poderá lhe fazer bem se for aceito humildemente, segundo afirma a própria sinopse do livro constante do site da editora Hagnos.
 
Em suas próprias palavras o autor diz, ao fim do capítulo introdutório que pode ser lido on line:
 

O que compartilho neste livro são caminhos que o ajudarão a ter uma melhor compreensão do espírito da religiosidade e de como ele age quase que sigilosamente, assim como entender os estragos que ele pode causar nas mais diferentes áreas da nossa vida (saúde, ministério, casamento etc.), mas também como podemos retomar o caminho do evangelho vivo e abundante. A intenção deste livro é trazer para você as sérias consequências com as quais arcamos quando nos afastamos da compreensão do que a Bíblia chama de “graça de Deus”.

O melhor do futuro

A melhor coisa sobre o futuro é que vem um só dia de cada vez.
 
Abraham Lincoln

terça-feira, 22 de junho de 2010

Três países da Copa 2010 estão entre os que mais perseguem cristãos

São eles a Coreia do Norte, a Argélia e a Nigéria, sendo a Coreia o primeiro na Classificação de países por perseguição.
 
O blog Genizah publicou uma matéria cedida pela Missão Portas Abertas onde são apresentados mais detalhes sobre a vida dos cristãos nesses países. Igrejas transformadas em bibliotecas, opressão por parte de muçulmanos e envio para campos de trabalho forçado estão entre as coisas com as quais cristãos desses três países têm de lidar.
 
 

Chuvas em Alagoas – mais alguns links

Esses já são sites/páginas que vim ver hoje:
 
Página principal do UOL Notícias – Estão sempre atualizando a página e nesse momento há várias reportagens lá;

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Chuvas em Alagoas

 
imagem7  imagem10
Consequências das chuvas que caíram recentemente em Alagoas. Imagens de São José da Laje. Clique nelas para ampliá-las. [Fotos recebidas por email]
 
 
Bem, quem é daqui tá sabendo mais do que ninguém; quem é de fora do estado creio que também tem tomado conhecimento, através dos meios de comunicação, do efeito catastrófico das chuvas que caíram em Alagoas e Pernambuco nesses últimos dias. Senão, pode começar a se informar a partir de agora.
 
Segundo websites alagoanos, que obtiveram informações provavelmente de órgãos públicos, até esta segunda-feira foram contabilizados 73.828 desabrigados (um outro website informa 26.141), 6.242 deslocados, 11.425 casas destruídas, 26 óbitos em 15 municípios, 1.141 feridos (sendo 63 graves), 834 enfermos e 607 pessoas desaparecidas. Por fim, uma situação verdadeiramente calamitosa.
 
Nesta matéria do portal Cada Minuto é possível saber os locais de entrega de doação no estado de Alagoas e os dados de contas bancárias onde podem ser feitos depósitos que serão usados no socorro às vítimas. Orações pelo estado, claro, também são bem-vindas.
 
Visitando estes websites alagoanos você pode saber mais sobre as consequências das chuvas (inclusive ver fotos e até vídeos feitos pela imprensa e pela própria população):
 

sábado, 19 de junho de 2010

Let it Glow

No jogo Let it Glow você deve fazer brilhar a lâmpada (1) através do fechamento do circuito formado por ela, a fonte elétrica (3) os retransmissores de energia (2). Veja a numeração na figura abaixo.
 
 
Let it Glow
 
 
Os três elementos citados acima funcionam por meio de campo elétrico; portanto, não é preciso que se toquem ou que haja fios. O círculo tracejado em redor de 1, 2 e 3 mostra o raio de atuação/recepção de campo elétrico de cada um. O que você precisa fazer é com que esses campos se toquem! Para isso, remova elementos da tela clicando sobre eles e aí os retransmissores vão sair do lugar, rolando.
 
Você pode remover plataformas e caixas de madeira (5 e 4), mas não o conseguirá se os mesmos forem metálicos (6 e 7). Em algumas fases será necessário até catapultar o retransmissor pro lugar adequado. Use sua inteligência para isso!! E legal é que você pode tentar a mesma fase várias vezes até conseguir atingir o objetivo – opção Restart na própria tela do jogo ou Retry na janela que aparecerá quando você não obtiver êxito. Select level te permite escolher a fase em que jogar, mas somente as que você já superou, OK?!
 
CLIQUE AQUI para acessar.
 
Boa diversão!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Afinal… religião se discute ou não?

Two guys argueing [www.crestock.com]
 
Texto de Guilherme de Carvalho
 
"Pode enriquecer-se através de um ofício que não lhe agrada, pode ser curado de uma doença por remédio nos quais não confia; mas não pode ser salvo mediante religião na qual não confia, ou por um culto que não lhe agrada [...] Seja qual for a religião discutida, é certo, porém, que nenhuma religião pode ser útil e verdadeira se não se acredita nela como verdadeira".
 
[John Locke, "Carta acerca da Tolerância"]
 
 
É um lugar-comum ouvir pessoas afirmando que religião, como futebol, não é bom assunto para discussão, mas quem há escape de cair vez por outra nesse "pecado"? Como é do meu ofício, eu costumo refutar esse lugar-comum com muitos exemplos e argumentos, mas é claro que ele tem um fundo de verdade.

Não tanto quanto ao futebol, mas com certeza quanto à religião. Pois religião tem que ver com coisas sagradas. Sim, muita gente não discute religião porque considera isso uma questão de absoluta subjetividade; mas para muita gente a motivação é bem outra: é que a religião é vista como algo de absoluta sacralidade.

Nessa semana conversei rapidamente com uma moça que se mostrou extremamente avessa à religião. Entramos no assunto por acaso, mas ela logo fez questão de anunciar seu desgosto com igrejas, leis, pastores, ritos, etc. Então eu perguntei sobre Deus: e ela disse: "às vezes estou bem com ele, às vezes nem quero saber. Atualmente estou na fase de não querer saber".

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Grump na Copa

Uma das tirinhas Grump na Copa, do cartunista Orlandeli:
 
Grump na Copa 02 [Orlandeli]

Fonte: Blog do Orlandeli

 

 

Que bom se pensássemos em ser patriotas não só nos momentos em que nosso time de futebol disputa uma competição, não? Que bom se sempre procurássemos valorizar nossos símbolos… nossa bandeira, por exemplo, e buscássemos vidas fiéis à frase nela estampada – com a correta compreensão do que significa ‘progresso’, é claro!
 
JT Ollemhebb, torcendo pela nossa nação. Enquanto Jesus não voltar, haverá esperança!

O homem e a eleição de Deus

Os homens não são eleitos porque creram, mas são eleitos para que cheguem a crer.
 
Agostinho

quarta-feira, 16 de junho de 2010

O “Cala a boca, Galvão” e os exploradores da fé

Esse onda de pedir ao Galvão Bueno para calar a boca, supostamente em razão do mesmo falar demais ou falar muita besteira, tá se tornando cada vez mais popular, não é mesmo? O Hermes Fernandes aproveitou esse assunto para nos conduzir a uma rápida reflexão. Ela se encontra no post O Fenômeno “Cala boca Galvão” e os exploradores da fé lá em seu blog.
 
Dá uma lida lá! Agora, antes, repare a imagem abaixo, capturada da TV durante a transmissão da partida de estréia do Brasil na Copa 2010. Atente para o canto superior direito. O que vemos ali, hum? Sim!!! A faixa “Cala a boca, Galvão!”, exibida até mesmo pela própria Globo em virtude do sinal não ser gerado por ela (a Globo apenas retransmite)! He he he!
 
 
Fonte da imagem: Belverede

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Joyful ‘toon: Concentração

Joyful ‘toon de número 34. Clique na imagem para ampliá-la.
 
      Joyful 'toon 34_Concentration PT.BR
 
 Comentário do autor:
Há uma profusão de vozes neste mundo dizendo-nos que iremos fracassar. Se, porém, mantivermos nossa atenção no Senhor e em Suas palavras, e confiarmos nEle, seremos bem-sucedidos.
 
Publicado aqui sob a autorização de Mike Waters (Joyful 'toons).
 
Versão em português produzida pelo próprio autor com o auxílio de tradução do Mural na Net.

Neo-Ateísmo, Um Delírio

Esse aí é o nome do blog do Luciano Ayan, blog que eu ia indicar e recomendar aqui. Mas calma… não é que o blog dele não existe mais! É que ele mudou de endereço e de nome.
 
Blog do Lucioano Ayan (screenshot)
 
O Neo-Ateísmo, Um Delírio é um blog que faz uso de “ceticismo e racionalidade na demolição da ilusão neo-ateísta”, um espaço muito legal onde seu autor usa o pensamento crítico, racional, para desmascarar as “estratégias de ataque” do ateísmo moderno. O negócio é que o Luciano resolveu também abordar no site outros assuntos “subversivos”, como ele mesmo diz, a exemplo do marxismo e de coisas de esquerda. Aí ele mudou de endereço e agora tá no blog que simplesmente se chama Luciano Ayan. O conteúdo do endereço antigo foi copiado para o novo blog e, por enquanto, ambos estão no ar. Creio que futuramente o antigo vai sumir.
 
É interessante que de início se dê uma passada nas seções About (sobre), Estudos de Caso e F.A.Q. (veja o canto superior direito da página) para se inteirar mais sobre que tipo de conteúdo você vai encontrar lá e para tirar algumas dúvidas em relação a assuntos que costumam entrar na pauta quando dos embates entre religião e ateísmo.
 
Esse é um bom blog onde o cristão pode obter uma boa base de conhecimento para não cair nas armadilhas da argumentação ateísta.
[apologia, defesa da fé, método científico, debate racional]

sábado, 12 de junho de 2010

Radioactive Jack

O joguinho Radioactive Jack é uma reformulação de outro que já existe há bastante tempo – já o joguei com o nome de Sokoban em um PC 286.
 
 
Radioative Jack 
 
 
O objetivo do jogo é simples: ajudar Jack, o bonequinho amarelo, a por as caixas radioativas (os quadrados com interior amarelo) em seus devidos lugares para que a passagem para a próxima sala se abra. As caixas devem ser levadas aos quadrados pontilhados (com um X dentro) marcados no chão.
 
Use somente as setas do teclado para mover Jack. Moves conta o número de vezes que Jack se move (em qualquer direção), Pushes conta o número de empurros que Jack dá. Restart reinicia a fase, o microfone desliga ou liga o som e Menu te leva ao menu inicial.
 
 
Boa diversão!

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Computador casamenteiro

Amanhã, 12 de junho, é o Dia dos Namorados, e olha só que interessante essa matéria que achei no Cristianismo Hoje falando justamente de solteiros cristãos e da possibilidade de encontrarem seus príncipes/princesas em sites de relacionamento. Muito legal a reportagem! Você tem de ler!
 
 
Sites evangélicos de namoro crescem no país, na esteira de um filão que não para de crescer: o dos crentes solitários
 
Cyber love. Internet dating.(vector, CMYK) photo
Jovem, bonita, estudante de psicologia e membro atuante da Igreja Sara Nossa Terra na cidade de Florianópolis. A catarinense Nathália Smania Navarro, 21 anos, não se encaixa muito bem na imagem que a maioria das pessoas pode ter de alguém que procura um relacionamento em sites de namoros. Na verdade, nem Nathália imaginava que poderia encontrar um homem especial pela internet – até topar com a propaganda do RomanceCristão.com no Orkut, ela nem sabia que esse tipo de serviço existia. No entanto, sem ter mais nenhum amigo online às duas horas da madrugada, resolveu experimentar, meio que de brincadeira ou por pura curiosidade, e se cadastrou no site. “Meu pensamento era de que nesse tipo de serviço só veria pessoas que não encontram ninguém em suas igrejas por algum motivo. E eu também não iria querer ninguém de site”, lembra. Qual não foi a surpresa de Nathália ao encontrar ali André, que mora em Ouro Preto (MG) e atua como jogador de futebol. “No mesmo dia que me cadastrei, vi a foto dele e pensei: ‘Senhor Jesus! Que menino é este?’”, brinca. Na mesma hora, a moça mandou um recado para André e dois dias depois começaram a conversar à distância. Mas só depois de três encontros pessoais é que decidiram atar um namoro. A relação vai bem, obrigado.
 
Essa facilidade virtual de se encontrar e fazer relacionamentos tem conquistado muitos brasileiros. Segundo uma pesquisa divulgada pela Nielsen, empresa especialista em comportamento do consumidor, o Brasil é o país com o maior número de internautas usando sites de relacionamento. Atualmente, 80% dos brasileiros que navegam na internet estão ligados aos sites que a empresa de pesquisas chama de comunidades de membros, que incluem blogs e redes como o já popularizado Orkut, o Facebook e sites de namoro virtual. Para o público evangélico, os sites de relacionamento começaram em 2003 e um dos pioneiros foi o AmorEmCristo.com, que hoje afirma estar próximo de 1 milhão de usuários cadastrados – 60% dos quais, mulheres. “Somos o maior site de relacionamento evangélico do Brasil”, afirma o CEO Carlos Vinicius Buzulin de Souza. Segundo ele, a proposta vai muito além do interesse comercial, mas constitui um verdadeiro ministério. “Temos os princípios bíblicos como base para tudo que fazemos no site, desde uma resposta de e-mail a uma aprovação de foto”, garante.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Lula é motivo de piada em Israel

O fato de o Brasil, através do presidente Lula, ter se metido na vida de crises dos países lá do oriente médio (o imbróglio atômico lá do Irã, por exemplo) rendeu umas piadas por conta dos humoristas israelenses. Vejam só esse vídeo. No fim tem até uma paródia musical.
 
 
 
 
Fonte: Blog do Luciano Ayan

quarta-feira, 9 de junho de 2010

A missão cristã no mundo moderno

Um bom livro que achei destacado na primeira página do site da revista Ultimato, uma obra de John Stott. Veja a sinopse abaixo.
 
 
A missão cristã no mundo moderno (capa) Alguns enfatizam que a missão cristã é “proclamação verbal” ou “salvar almas”. Outros se concentram em questões de justiça social ou projetos de desenvolvimento. Não podemos fazer ambos?

Nessa obra clássica, John Stott apresenta definições cuidadosas de cinco termos-chavemissão, evangelismo, diálogo, salvação e conversão — e, biblicamente, oferece um modelo de ministério para as necessidades espirituais e físicas das pessoas. Para o autor, a missão cristã é tanto evangelização como ação social.

A Missão Cristã no Mundo Moderno é uma abordagem equilibrada e holística da missão que, a partir do exemplo de Jesus, aponta o caminho para o trabalho da igreja no mundo.
 
Clique aqui e veja mais detalhes no site da Ultimato: sumário, um pouco sobre o autor e leia online a introdução do livro. A publicação também tem um hotsite (um pequeno site dedicado a ela).

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Perdidos no meio das mudanças

Segundo o sociólogo Christian Smith, já existe nos dias de hoje uma fase entre a adolescência e “adultez'”: é a “adultolescência”, um misto das duas ou, melhor, uma transição. Jovens “adultolescentes” tenderiam a prolongar a adolescência dentro da fase adulta.
 
A existência da “adultolescência” influencia a sociedade como um todo e a igreja cristã. Leia a entrevista a seguir para conhecer mais sobre o pensamento desses jovens e ver se a igreja precisa se adaptar para lidar com essa turma. Descubra se você é um adultolescente!

 

 

Para o sociólogo Christian Smith, a nova geração de adultos cristãos enfrenta o paradoxo entre a liberdade e a indecisão

 

Six people outdoors having fun together photo

O liberal francês Alexis de Tocqueville escreveu, no século 19, que “quando há uma ausência de autoridade, tanto na religião ou na política, os homens logo se amedrontam com a independência ilimitada com a qual são confrontados e com a inquietação constante de tudo”. Suas palavras atravessaram quase 200 anos para ganhar novo significado nessa tal de pós-modernidade. As duas áreas citadas pelo autor do clássico Democracia na América – coincidência ou não, justamente aquelas que, costuma-se dizer, não se deve discutir – parecem padecer da falta de valores mais sólidos. Por outro lado, a multiplicidade de oportunidades e a decadência dos modelos clássicos de poder têm moldado uma geração em crise consigo mesma e com a figura da autoridade. No mais das vezes, Deus acaba indo de roldão na confusa mistura de ego, consumo e imaturidade que caracteriza a vida dos cristãos do século 21, principalmente aqueles que estão chegando agora à idade adulta.

 

O sociólogo Christian Smith, da Universidade Notre Dame e diretor do Centro para os Estudos da Religião e da Sociedade, é um observador arguto deste momento da sociedade ocidental e da Igreja. Ele toma emprestado o termo cunhado pelo colega Jeffrey Jensen Arnett para definir essas pessoas na faixa entre os 18 e os 25 anos e que possuem mais opções do que em qualquer geração anterior. “Isso molda seriamente as crenças e práticas religiosas dos adultos emergentes”, diz o estudioso. No seu entender, trata-se de um dos grupos etários mais autoindulgentes, confusos e ansiosos, já que são conduzidos a uma “adultolescência” que impede a maioria de assumir compromissos com pessoas e instituições.

sábado, 5 de junho de 2010

Layer Maze

Layer Maze – quem sabe inglês já entendeu – significa labirinto em camadas e é também o nome do joguinho sugerido para este fim de semana.

 

Em Layer Maze o objetivo, claro, é descobrir o caminho até a saída. Mas você ainda tem de lutar contra o tempo e precisa mudar de nível, pois os labirintos têm dois níveis (pelo menos só tinham dois até a fase em que cheguei). Pra falar a verdade, não vi o contador de tempo (canto superior esquerdo da tela) interferir em nada no jogo, pois cheguei a passar bastante tempo sem fazer nada, e o jogo não bloqueou! Vai ver que é só para questão de comparação: você joga a fase e depois desafia alguém a fazer o mesmo em menos tempo!

 

 

Layer Maze (screenchot 1)  Layer Maze (screenchot 2)

Fase 2 do jogo. À esquerda: nível superior. À direita: nível inferior.

 

 

Use as setas do teclado para mover a bolinha. Tecle A para descer para o nível inferior do labirinto, e tecle Z para voltar ao nível em que você estava.

 

CLIQUE AQUI para acessar a página do jogo e…

 

Boa diversão!

sexta-feira, 4 de junho de 2010

O botão mais inútil do mundo

 

Ricardo Tokumoto em Ryot IRAS

Maior parte do povo é contra adoção por casal gay

Se bem que essa maioria não é a maioria esmagadora. Veja só essa reportagem da Folha de São Paulo.
 
Family unit illustration photo
 

Quase dois meses após o STJ (Superior Tribunal de Justiça) reconhecer que casais homossexuais têm o direito de adotar, 51% dos brasileiros dizem ser contra essa prática. Outros 39% são favoráveis à adoção por gays.

 

É o que revela pesquisa Datafolha realizada entre os dias 20 e 21 de maio com 2.660 entrevistados em todo o país. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

 

As mulheres são mais tolerantes à adoção por homossexuais que os homens: 44% contra 33%. Da mesma forma que os jovens em relação aos mais velhos: na faixa etária entre 16 e 24 anos, a prática é apoiada por 58%, enquanto que entre os que têm 60 anos ou mais, por apenas 19%.

 

"Já é um grande avanço. Na Idade Média, éramos queimados. Depois, tidos como criminosos e doentes. O fato de quase 40% da população apoiar a adoção gay é uma ótima notícia", diz Toni Reis, presidente da ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais).

 

Continue lendo a reportagem e veja mais outras estatísticas relacionadas a esse assunto (inclusive a comparação da opinião de católicos e de protestantes). Clique aqui.

 

Imagem de hypermania2 em 123 Royalty Free.

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Duas boas leituras para hoje

 
São elas:
 
o texto Marcha soldado, cabeça de papel do blog do Hermes Fernandes o qual fala da Marcha para Jesus, evento que ocorre hoje em São Paulo;
 
e o texto Eucaristia, comunhão e serviço cristão que aparece em O contorno da sombra por ocasião da passagem do dia de Corpus Christi.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Flotilha de ajuda à Gaza – A verdade

O site da revista Chamada da Meia Noite publicou uma matéria esclarecendo a verdade sobre o recente ataque de Israel a uma flotilha que dizia levar ajuda a humanitária à Faixa de Gaza. Está bem estruturada. Fala dos antecedentes ao embargo marítimo promovido por Israel, do porquê de sua manutenção, da proposta feita por Israel antes de atacar e ainda de outros pontos até apresentar, ao fim, uma conclusão. Além disso, a matéria lista 8 vídeos relacionados ao acontecimento – inclusive os que mostram a intervenção israelense – e algumas fotos.
 
 
Israeli commandos intercepted Gaza-bound aid ships
Navio Mavi Marmara, um das embarcações que compunham a flotilha que se dirigia à Faixa de Gaza.
 
 
CLIQUE AQUI para acessar a matéria.
 
Leia também o post Nós, os nossos princípios e eles no blog do Reinaldo Azevedo, colunista da Veja, um texto também esclarecedor do fato ocorrido.
 
Foto de AA/ABACAPRESS.COM via Newscom (em PicApp)
[conflito, oriente médio, árabe, islamismo, muçulmano, terrorismo, judeus, guerra]

"Fé em Deus e pé na estrada"



Viajar: Conhecer pessoas diferentes, novas paisagens, culturas... enfim, vivenciar o prazer da estrada, suas curvas e ver onde ela pode nos levar. É exatamente isto quer vou estar fazendo no próximo mês.

Durante os próximos 30 dias eu mais três amigos estaremos com o pé na estrada, desbravando os caminhos de Bolívia, Chile e Peru. Por isso, ficarei ausente do blog por um tempinho. Mas esquenta não que o JT vai tá por aqui atualizando o Mural pra vocês, OK?! E na volta eu vou tá compartilhando com vocês as experiências pelas quais passamos.

Vou aproveitar este tempo para refletir um pouco sobre o que Deus deseja de mim. Um abração e fiquem na paz! Quanto a mim, os próximos dias serão de "Fé em Deus e pé na estrada".

Gonzaga Jr

terça-feira, 1 de junho de 2010

Amor sem verdade e verdade sem amor

O amor sem a verdade é fraco e sem influência. Já a verdade sem o amor é rígida demais, sem misericórdia.
 

Fifa punirá 'comemoração religiosa' na copa 2010

E o Brasil é o alvo principal dessa regra! Veja só essa notícia do Estadão.
 
 
CONFE CUP ROBINHO
A Fifa pediu aos jogadores de futebol moderação na expressão de fé durante a Copa da África do Sul, que começa em 10 dias. Um comunicado já foi enviado às federações de futebol dos países que disputarão a competição na tentativa de impedir que seus atletas festejem gols e vitórias com mensagens religiosas. E o Brasil é um dos que mais preocupam a Fifa quando se trata de manter religião e futebol separados. O uso de mensagens escritas em camisetas por baixo do uniforme já é proibido. Mas, em várias ocasiões, atletas têm esperado o final da partida para rezar e exibir mensagens.
 
A primeira grande polêmica surgiu quando o Brasil ganhou da Alemanha em 2002 e conquistou o penta. Há um ano, o tema voltou a fazer parte de debates da Fifa na conquista da Copa das Confederações, na África do Sul.
 
As autoridades esportivas insistem que não querem transformar a Copa em evento político ou religioso. Mas vivem situação delicada, já que a aplicação de multas pode dar a polêmica impressão de cerceamento religioso.

 

CLIQUE AQUI e leia o restante da notícia.

 

Notícia do Estadão achada em O contorno da sombra.

Foto de Chris Brunskill (MEXSPORT/Newscom) em PicApp

Related Posts with Thumbnails