sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Jesus no Rock in Rio 2011

 
guitarrista de heavy metal tocando uma guitarra [rock'n roll, música] (Viorel Sima em 123RF.com) Jovens da Assembleia de Deus de Campo Grande, mesma região da capital fluminense onde está acontecendo o Rock in Rio 2011 resolveram fazer um evangelismo interessante durante o evento distribuindo na entrada panfletos onde constava o dizer "Por Um Mundo Melhor? Só Jesus" e o texto abaixo:

"Certa vez, Ele tocou uma música que repercutiu como nunca no palco do mundo inteiro, e conquistou o coração de Deus. Momentos antes, Ele havia conduzido com dificuldade Sua pesada guitarra de madeira, em formato de cruz, até o alto de uma rocha chamada Calvário. Talvez tenha sido por isso que Ele se tornou conhecido como Cristo in Rock, ou Cristo do Calvário, ou Cristo do Rock in Rio.

Ele dominava tão bem a Sua arte que era capaz de tocar Sua guitarra simplesmente deitando-se sobre ela. E foi o que Ele fez. Para que o mundo inteiro pudesse vê-lo e ouvi-lo, os cenógrafos do Calvário o cravaram sobre Sua guitarra e o ergueram. O mundo jamais viu ou ouviu guitarrista igual. Sua palheta eram pregos. A letra da música que Ele cantou era composta de sete palavras: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem (Lucas 23:34). Após tocar o melhor solo de guitarra de toda a sua vida, Ele encerrou a Sua carreira dizendo: Está consumado (João 19:30). Reclinando a cabeça para o lado, fechou os olhos e expirou.

Extasiado com o que ouvira, e talvez querendo levar o guitarrista a tocar outra vez, um daqueles cenógrafos do Calvário aproximou-se de Cristo in Rock e golpeou o seu coração com uma lança. Um rio de sangue começou a escorrer do Seu peito. Cristo in Rock tornara-se agora Cristo do Rock in Rio; Cristo inundando a rocha do seu coração com o rio do Seu amor.

A música que Cristo in Rock tocou para o mundo tem um nome: Reconciliação com Deus. Ele dedicou essa música a mim e a você. Ouça-a, e tire o melhor proveito de sua letra para sua vida”. E completa no verso:

“Não Perca a Atração Principal. A música é o maior instrumento para reunir pessoas em favor de um propósito, seja por uma causa social ou somente diversão. Uma atitude louvável, porém de alegria momentânea. Por isso, queremos convidar você a conhecer alguém que pode ser a atração principal da sua vida. Ele não precisa de holofotes para ser visto em meio à escuridão, porque é a própria luz. E, em pouco tempo, estará diante de uma multidão maior do que a deste festival, onde milhões de pessoas, numa só voz, numa direção, estarão cantando e alegrando-se eternamente. Talvez esta seja a sua única oportunidade de estar perto daquele que realmente pode tornar seus sonhos em realidade e intervir em prol de um mundo melhor. Entregue sua vida a JESUS agora mesmo e não pare de sonhar, de amar e de viver".

Mensagem bem contextualizada, não?
 

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Exortar

 
Quero, com este post, estrear uma nova seção aqui no blog que nos ajudará a trabalhar (e consertar?) nosso vocabulário. Esse desejo me surgiu já faz algum tempo e apareceu nuns momentos em que meditava sobre o quanto nossas conversas, falas e escritos podem ser vagos, imprecisos ou até desprovidos de significado em razão de não conhecermos direito o significado das palavras que empregamos. Cria (e creio), portanto, que esse desconhecimento poderia até mudar, alterar, nossa visão de mundo, levando-nos a enxergar as coisas de forma inexata, de longe, apenas em parte, sem firmeza na significância dos conceitos.
 
Resolvi chamar essa nova categoria do blog de Enriqueça o seu vocabulário, que é o nome até de uma seção da revista Seleções do Reader's Digest a qual gosto de ler sempre que meu pai adquire uma de suas edições. Figurarão nela desde palavras atuais, passando por aquelas já em esquecimento, aquelas comuns ao linguajar cristão ou às páginas da bíblia, até os neologismos.
 
E a palavra que escolho para o primeiro post é uma bem comum no meio evangélico e apontada pelo Ariovaldo Jr (via Lion of Zion) como muito mal utilizada por parte dos cristãos: Exortar.
 
EXORTAR, em sua definição mais simples, é equivalente a animar, incitar, encorajar e estimular, mas também é definido como convencer ou tentar convencer, aconselhar (alguém) a (fazer algo) ou incitar por palavras, conselhos ou bons argumentos (alguém) a (fazer algo).
 
O termo vem do latim vulgar exhortare, pelo latim exhortari, que é a união do prefixo ex (que atua como intensivo) com hortari, que significa encorajar, estimular, o que confere um tom de reforço à palavra final dando a ideia de que não é só um encorajamento, mas um forte encorajamento. No inglês, língua onde o verbo também existe, na forma exhort, significa justamente encorajar ou persuadir fortemente alguém a fazer algo.
 
Na bíblia, exortar aparece como tradução de três diferentes palavras do grego usado no Novo Testamento. Se você tiver uma Bíblia de Estudo Palavras-Chave, veja no Dicionário de Strong os termos G4389, G3867 e G3870. O segundo, paraineō, aparece em Atos 27:9 e 27:22 e a ele também é oferecido como tradução admoestar, verbo escolhido pelos tradutores da Almeida Revista e Corrigida 2009, a versão usada na citada bíblia. Este, por sua vez, significa repreender moderadamente de alguma falta, mas com firmeza, para que não haja reincidência; chamar à atenção gentilmente, mas com alguma seriedade; reprovar com moderação. Pessoalmente, acho que os tradutores da ARC 2009 deveriam ter usado exortar no segundo versículo, pois me pareceu ser esta a intenção de Paulo em sua fala:
"Mas, agora, vos admoesto a que tenhais bom ânimo, porque porque não se perderá a vida de nenhum de vós, mas somente o navio". (Atos 27:22)
Eu particularmente tinha a ideia de exortar como sendo simplesmente aconselhar. E você?
 
 
Com informações de:
 
[O que é / significa exortar?]

Post da Katy Perry atualizado

 
Só um lembrete para dizer que o post de ontem, Katy Perry, Rock in Rio 2011 e o abandono da fé, foi atualizado com a adição de um link para um entrevista que reforça a ideia da apostasia da cantora.
 

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Katy Perry, Rock in Rio 2011 e o abandono da fé

 
 Screenshot do blog Escrevendo de Tudo (www.escrevendodetudo.com.br)
 
 
No blog Escrevendo de Tudo – descubri-o hoje – encontrei um post com umas curiosidades sobre a vida dessa artista e umas coisas interessantes para refletir.
 
Recomendo o blog e a leitura do tal post, que tá nesse link aqui.
 
Leia também a entrevista de Katy Perry à revista Seleções do Reader's Digest onde afirma que ela mesma é quem decide o que é certo, o que é errado e como vai levar a vida (e isso apesar de ter recebido educação cristã!!).
 

Duas personalidades

 
Temos duas personalidades: a verdadeira e a social, que nem sempre rimam uma com a outra.
 
Josué Montello [aqui]

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Para conseguir se conectar, desconecte-se

 
Um grande comercial.
 
 
 
 
Achado no Genizah

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Joyful 'toon: Cinto da verdade

Joyful 'toon número 49.
 
 
            Joyful 'toon 49_Belt of truth PT.BR
 
 
 Comentário do autor:
Quando você está armado com o cinto da verdade, você pode encarar o diabo quando ele tentar roubar sua benção.
 
Publicado aqui sob a autorização de Mike Waters (Joyful 'toons).
 
Versão em português produzida pelo próprio autor com o auxílio de tradução do Mural na Net.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Cientistas reproduzem imagens armazenadas no cérebro

Silhueta com balões de pensamento (Marish em Shutterstock.com) Cada dia nos aproximamos mais daquela realidade que por enquanto só contemplamos nas películas de ficção científica, onde uns acessam a mente dos outros nem sempre as melhores intenções. Daí nasce a pergunta: Devemos comemorar avanços como este?
Os cientistas, como de praxe, numa visão romântica da coisa, enxergam somente aplicações pacíficas para essas tecnologias. Pensavam assim na época da descoberta da energia nuclear!
Imagem de Marish em Shutterstock

terça-feira, 20 de setembro de 2011

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Cuidado com os pecados brancos

 
Sabre antigo. Variação inteligente de uma arma de luta (arma branca) [Valery Sibrikov em www.123RF.com] À semelhança das armas brancas, Duarte Rego, do blog Reflexões Bíblicas, defende que existem os pecados brancos.
 
Mas, pra início de conversa, o que é mesmo uma arma branca? Você sabe? Bem, uma coisa é certa: que por serem armas elas matam como quaisquer outras. Para saber, porém, o que são pecados brancos e o que eles têm a ver com as armas brancas leia o texto do Duarte Rego, que tem até uma dica de livro.
 
 
 

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Viva o estilo Facebook na vida real

Ia postar esse vídeo semana passada, na sexta, quando fiquei sem internet. Mas não se preocupe, pois ele ainda continua atual e continuará até o fim de mais esta rede social – leia o texto depois do vídeo para entender o que estou falando.
 
Já imaginou levar o estilo de vida virtual no Facebook para a vida real? No que iria dar? Pois o jornalista Rodrigo Bertolotto resolveu fazer isso. Confira no vídeo abaixo e ria.
 
 
 
 
Aproveitando o ensejo… soube do boato que anda rolando por aí de que o Facebook já ultrapassou o Orkut em número de usuários aqui no Brasil? Não? Pois veja aqui. No UOL, porém, já vi uma notícia dizendo que o Ibope questiona a afirmação feita pela IstoÉ.
 
 
Leia também:

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Por que (sempre) faço o que não quero?

 
Por que (sempre) faço o que não quero? é um livro publicado pela Ultimato que descobri esses dias quando pesquisava um outro bom livro para adquirir junto com O que é missão integral? . Não o adquiri; preferi outro que me pareceu mais interessante no momento. Sua sinopse, porém, me chamou logo a atenção e imaginei-o ser uma boa leitura.
 
 
SINOPSE:
POR QUE (SEMPRE) FAÇO O QUE NÃO QUERO? [Editora Ultimato] A pergunta “por que faço o que não quero?” é quase uma confissão. Incomoda e acusa. No entanto, não é coisa de religiosos ou conversa de confessionário. Está na boca dos intelectuais, dos psicopatas, no meio do povo e também nas igrejas.
 
Por que (sempre) faço o que não quero? não faz especulações. Para o autor, a Bíblia responde e aponta caminhos para essa evidente contradição que enfrentamos todos os dias. Afinal, quem poderia imaginar, como afirma o psiquiatra Viktor Frankl, que o ser humano seria capaz tanto de inventar as câmaras de gás de Auschwitz como de entrar nelas de cabeça erguida, tendo nos lábios a oração do Pai-Nosso?
 
O livro é de autoria de Elben M. Lenz César e tem 136 páginas.
 
 
Assim como outro livros lá na loja virtual da Ultimato, é possível ler suas páginas iniciais on line – ou baixe o arquivo PDF para ler mais tarde no próprio PC ou em seu leitor de livros eletrônicos, tablet etc. .
 
Related Posts with Thumbnails