segunda-feira, 16 de junho de 2014

Parabéns, Chico!


Compositor, cantor, dramaturgo, escritor, gênio. Ele completou 70 anos na última quinta-feira. Eis aqui uma pequena homenagem a esse grande ser humano.

Chico, a meu ver, é o maior nome da MPB. Ouvir Chico é mergulhar na alma da cultura brasileira. Ele descreve as mazelas da sociedade brasileira desde as aflições sofridas pela mulher até o lamento dos miseráveis, a exploração dos operários, a opressão do favelado e a dor do homem que perde a sua terra, seu lar e sua identidade. Tudo isso de forma magnifica, sem ser chato ou repetitivo. Chico permeia sua poesia de forma singular revelando beleza, hipocrisia, paixão, luta e fantasia em um retrato cantado do povo brasileiro.

Chico é arte viva. Sua poesia toca a alma e nos faz refletir sobre a nossa condição humana. Chico é genialidade e beleza andando lado a lado.

Gosto de você, Chico. Em você vejo graça e um olhar sobre o humano que só pode vir do Criador. Não posso resumir e nem pretendo descrever sua genialidade, mas eis aqui um conselho a você que parou por um minuto para ler estas poucas palavras: ouça Chico; sua poesia é autodidata. Ela dispensa qualquer comentário, e, acredite, você vai se apaixonar.

Parabéns, Chico! E obrigado! Você é música para a minha alma!






0 comentários:

Related Posts with Thumbnails