segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Sobre Pastores e Ovelhas




Tenho pensado ultimamente no relacionamento Pastor- ovelhas. Biblicamente falando, o pastor dá a vida pelas ovelhas, guia - as pelo caminho certo, defende – as de inimigos, as acaricia e mantém disciplina. O pastor deve guia –las ás águas tranqüilas e verdes pastos.( Salmo 23). Deve apascentá – las, cura-las e as fazer repousar. (Ez. 34. 15-16)
Entretanto o que vemos são ovelhas feridas, desgarradas e perdidas e pastores apáticos e indiferentes ao seu rebanho, tal qual Ezequiel 34, “E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor DEUS: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Näo devem os pastores apascentar as ovelhas?Comeis a gordura, e vos vestis da lä; matais o cevado; mas näo apascentais as ovelhas.As fracas näo fortalecestes, e a doente näo curastes, e a quebrada näo ligastes, e a desgarrada näo tornastes a trazer, e a perdida näo buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza. Assim se espalharam, por näo haver pastor, e tornaram-se pasto para todas as feras do campo, porquanto se espalharam.”.Ez 34 1-5. ]
O que podemos notar é um grande abismo entre ovelhas e pastores. Não que os pastores não estejam presentes. Temos sido abençoados por palavras destes porém, não é suficiente que o pastor exponha apenas palavras as sua ovelhas, mais que cheguem até elas, toque-as e trate –as. Entendemos que os pastores devem ter um bom relacionamento com suas ovelhas, em especial as mais jovens que necessitam de maior atenção pois em geral estão cheias de inseguranças e inquietações. Muitas vezes é difícil para o pastor apascentá-las, pois algumas são teimosas. Mas é necessario trata-las, pois seu bem estar depende unicamente dos cuidados de seu pastor.
Outro dia participei de uma reunião na qual ouvi algo que me deixou pensativo. Enquanto discutíamos sobre um encontro com a juventude alguém falou: “- O nosso pastor estará presente durante o encontro e temos que nos comportar.” Aquilo me deixou inquieto,por acaso não deveríamos nos comportar bem diante de todos e em todos os lugares? O temor deve nos seguir diariamente pois o nosso bom pastor (Cristo) nos vê em todos os momentos. Talvez você não concorde comigo. Esta é uma opinião particular, acredito e oro para que seu relacionamento com seu pastor seja de carinho, cuidado e amizade, mas se não o for não se entristeça, o Senhor é o nosso pastor supremo e estar acima de qualquer pastor terreno. Então enchamos nossos corações de alegria e proclamemos ao mundo que Jeová é o nosso pastor e isso é tudo que queremos.


0 comentários:

Related Posts with Thumbnails