sábado, 2 de agosto de 2008

Cof Cof Cof! Me dá um ar aí!

 
As Olimpíadas de Pequin 2008 estão quase aí e surge então a pergunta:
 
A poluição interfere no desempenho dos atletas?
 
no_sufoco_super_abre325x167
 
Sim, e muito. Tudo por causa de gases tóxicos como ozônio, monóxido e dióxido de carbono (CO e CO2), que diminuem sensivelmente a capacidade de oxigenação do organismo (veja infográfico). Mas não vale qualquer poluição. Em São Paulo, por exemplo, a 3a cidade mais poluída da América Latina, os atletas conseguem praticar seus esportes sem grandes dramas.
 
Já em Pequim, sede da Olimpíada que começa em agosto, a história é outra. A poluição de lá, que é 3 vezes maior que a da capital paulista, fez atletas como Haile Gebreselassie, recordista mundial de maratona, pedir arrego. Ele, que sofre de asma, desistiu de participar da prova com receio de passar mal e ter seu desempenho prejudicado.
 
Apesar do investimento de mais de US$ 17 bilhões do governo chinês no controle da poluição, o Comitê Olímpico Internacional admitiu que, por causa da contaminação do ar, nesta edição dos Jogos não se esperam novos recordes ao ar livre.
 
Fonte: Daniel Schneider (Revista Superinteressante - 07/2008 via Planeta Sustentável) com Consultoria de Luiz Iria; Imagem de Érika Onodera (original da matéria)
 
 
Veja Também:

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails