quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Será que vale a pena?

No mês passado a cantora Madonna veio ao Brasil, se apresentou em duas capitais, levando aos seus shows pessoas que foram muitas vezes embaladas por músicas como "Like a virgin" (Como uma virgem) que em sua letra traz frases como 'Like a virgin touched for the very first time' (Como uma virgem tocada pela primeira vez) que nada mais nada menos banaliza a virgindade.

No âmbito dos popstar temos também os caras da banda "Jonas Brother" que na contra-mão do início da carreira de Madonna trazem a questão, em meio à juventude, do ficar e do sexo fácil: a ESPERA! Sim, eles afirmam que prometeram a si mesmo e a Deus que se manterão puros até o dia do casamento. Mas será mesmo que vale a pena?

Será que vale a pena trocar uma história de amor e um dia tão esperado, como o dia que você vai dizer pro mundo que você tem um aliança com outra pessoa por uma transa num carro, num motel, na parede de uma balada?

Será que vale a pena se entregar a alguém que talvez você não veja nunca mais na sua vida?

Será que vale a pena fazer parte dos que afirmam que "casamento é uma instituição falida" ou mesmo "quero curtir a vida" como se o sexo fosse a solução dos problemas e único passaporte para o prazer?

Será que vale a pena deixar-se influenciar por amigos, conceitos temporários ou idéias produzidas pela televisão como se tudo isso te completasse e te deixasse realmente feliz?

Será que vale a pena acordar no dia seguinte com mais incertezas do que certezas?

Uma coisa é certa e você há de concordar: eu nunca vi alguém ter que PERDER pra ganhar. Esperar até o casamento não é simplesmente perder a virgindade, mas é ganhar uma aliança recíproca, é uma ato intenso de amor!

Transe não simplesmente pelo prazer, porém, pelo prazer e emoção que a espera proporciona. É fato que existe a hora e o momento certos.

Quem ama, espera!

Fonte: www.quemamaespera.com.br

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails