segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Não Existe Música Gospel


Há muito tempo penso em escrever este artigo. Hoje resolvi fazê-lo, depois de ler mais um tópico aqui do Dot sobre música gospel x música secular, que, na minha opinião, expressa opiniões completamente equivocadas quanto ao assunto. Sempre quando leio na Internet coisas sobre "Fulano é gospel? Ah não, Sicrano não pode ser gospel... Beltrano tocou não sei aonde.. não é gospel! Olha, as letras (ou a capa do disco, ou o encarte, ou a camiseta, ou o cabelo, ou a tatuagem, ou etc.. do [coloque o nome da banda aqui]... Não pode ser gospel..." Essas coisas me deixam profundamente irritado, e, pra mim, só atestam a ignorância do povo cristão brasileiro, não quanto à música, mas quanto à fé mesmo.

Comecemos pois, então, categoricamente:

Não existe música gospel.

Pensem comigo. O que as pessoas normalmente entendem ser música gospel? "Ah, fácil: música que fala de Deus, Jesus, da Bíblia, que tenha mensagens da Bíblia, etc." Então tá. Se isso é música gospel, podemos dizer então que Renato Russo escreveu muita música gospel, pois falava desses temas em suas músicas. Roberto Carlos também. Mas, obviamente, nem você nem ninguém consideraria esses artistas "gospel".

Então já vimos que pra ser gospel (dessa maneira que entedemos o "gospel") não basta ter letra que fala daqueles temas acima.

"Então, tá bom. Tô entendendo... pra ser gospel o cara precisa ter uma vida de acordo com os preceitos do Cristianismo, dentro dos padrões bíblicos... "

Então tá. Agora tu chegou no meu ponto. A gente usa o termo "música gospel" se referindo à "música cristã." Mas pense: "Gospel", ou cristão, tem a ver com a VIDA. Isso é tão óbvio, mas parece que alguns não entendem. A palavra gospel quer dizer evangelho em inglês, que por sua vez quer dizer "boa-nova".

Dessa forma, chegamos a conclusão inicial: não existe música gospel. Nem gravadora gospel, nem revista gospel, nem site gospel, nem escreva qualquer coisa aqui gospel. Por quê? Porque nada disso pode ouvir a boa-nova, olhar pra sua vida, se arrepender dos seus erros e nascer de novo.
O que existe então ?

Existem "pessoas gospel"

Existem pessoas que nasceram de novo e vivem segundo os preceitos bíblicos ensinados por Jesus, e outras que não vivem. João Alexandre que costuma dizer: não existe Mi maior santo e Mi Menor profano. Existe sim uma pessoa cristã, santa, separada, convertida, nascida de novo, e outra não.

Mas aí vem a questão. Estas pessoas produzem música. E como enquadrar essa música que elas produzem?

Os artistas em geral produzem arte. Essa arte reflete o artista, reflete o que ele crê, o que ele pensa, o que ele quer passar ou expressar. Os artistas músicos escrevem músicas que falam de coisas diversas, coisas que são importantes pra eles, que falam por eles, que são o reflexo da alma do artista. Dessa forma, um artista não cristão escreve músicas que falam dessas coisas, e nada o impede de escrever músicas com temas bíblicos, falando de Deus, bem como de qualquer outra coisa. Mas isso não o torna um artista cristão.

Da mesma forma, o artista cristão escreve músicas.
E aí vem o problema. O artista cristão (principalmente brasileiro), em geral, só escreve sobre uma coisa: Sua fé. Por quê? Por que se ele escrever sobre qualquer outra coisa, ele corre o risco de ser tachado de "não gospel", de não crente, pelo primeiro crente mainstream que passar pela frente. Por isso, bandas como Anberlin, Lifehouse etc. (lá fora), e Aeroilis, Tanlan etc. (aqui dentro) são freqüentemente perguntadas se "são gospel mesmo?" É como se o cristão fosse tão burro que não soubesse falar de outra coisa que não fosse sua fé.

Então, o que os artistas cristãos fazem? Eles simplesmente escrevem músicas que são verdades pra eles. Eles escrevem coisas que querem dizer, que julgam ser importantes. Muitas vezes, elas vem com letras que falam de Deus, de Jesus, explicitamente... outra vezes, eles falam de temas que são muito cristãos, mas que não tem o nome JESUS lá. Outra ainda, eles falam de relacionamentos, da vida, das namoradas, do café da mãe que é gostoso, ou da sua cidade natal que é muito legal. E aí, quando eles falam disso... eles deixam de ser gospel? Claro que não... porque não é a sua música que é gospel... são eles que são.

Quer algo mais cristão que as letras do U2? E alguém diz que eles são Gospel? Olhem o Jars of Clay... a poesia deles é por vezes extremamente vaga no que diz respeito aos temas cristãos, mas ninguém questiona que são "gospel", talvez pelo simples fato de eles serem de uma gravadora "gospel". Eles podem escrever sobre o que quiserem, mas sempre vão ser "gospel", pois as pessoas se acostumaram com o fato de eles terem surgido numa gravadora essencialmente "cristã" (como se a gravadora pudesse se converter e virar "cristã").

"Banda de Rock Gospel", ou "Banda Cristã"... que conceito errôneo! Por que então não chamamos o Beastie Boys de banda de Rap Budista, já que eles são quase todos budistas? Existe uma banda, e o membros dessa banda têm suas convicções. Eles as expressam ou não nas suas letras, de forma figurativa, poética, relevante, inteligente (como bandas americanas como Jars, Switchfoot etc. fazem) ou de forma rasa, direta, messiânica, piegas - (como a imensa maioria das bandas brasileiras fazem - e que eu, justamente por isso, considero horríveis, mas isso é assunto pra outro dia...)

Mas o que está por trás da pergunta: "Eles são gospel?" Na verdade, quem pergunta isso está querendo dizer... "se me disserem que não são, eu vou parar de ouvir, pois não ouço música profana. Mesmo se as músicas dessa banda falem mensagens construtivas, bonitas, edificantes, até cristãs, vou parar de ouvir... porque eles não são "gospel."

A notícia mais lida do Dot até hoje acho que foi a do Evanescence "tirando a máscara". Que ilusão... Não sei muito sobre a vida da tal da Amy Lee, mas creio que ela deve ser sim uma cristã... (só Deus poderá julgá-la, mas é minha opnião). Sei que teve formação religiosa e que formou a banda num acampamento cristão. Agora, as letras dela, algumas são maravilhosas, com mensagens lindas, bíblicas, cristãs. E não é por ela não ser de uma gravadora gospel, ou de vez em quando pisar na bola que eu vou deixar de ouvi-la e rechaçá-la por ela "não ser gospel".

Na minha opinião, é a velha ignorância da grande parte dos evangélicos em entender que eu posso ser edificado por uma bela canção do Live (grande banda "secular" americana) que diz que "Eu não preciso que ninguém me fale sobre Deus ou sobre verdade, pois eu olho para o pôr-do-sol e O vejo."

No momento que eu ouço isso, e isso me edifica... o Live se tornou a maior banda gospel do mundo para mim.

Um abraço, com amor - que é a maior mensagem do evangelho de Cristo.

Tiago Garros

6 comentários:

Werbevan Castro disse...

um exemplo que poucos sabem é a dupla Sertaneja Cesar Menotti e Fabiano... os quais são gospel... muitos criticam o trabalho deles pelo fato de não tocarem músicas "gospel"... mas não param para ver suas vidas e seu trabalho...se torna fácil e cômodo para nós cristãs fazermos isso...

eita racinha difícil é essa nossa hein...rs

Abraços

gonzaga disse...

É a famosa dicotomia cristã,do isto é espiritual aquilo e secular... comcordo com você o povinho complicado é esse nosso.

Gonzaga Soares

Anônimo disse...

èe bem assim q funcIOna as coisas por aqui!! Acho q o povo evangelico daqui do brasil o mais "ignorante" . Gosto muitoo de bandas como aeroilis Underoath kutlless e sei q tem muita gente q nao ouve porque ouviu alguem dizee esses caras ai acho q nao sao gospel !! FAÇO AA TUAS PALAVRAS AS MINHAS ! Eles as expressam ou não nas suas letras, de forma figurativa, poética, relevante, inteligente !! :D

JT Ollemhebb disse...

Não diria que o povo é "mal formado na fé", mal discipulado, quem sabe. Aí exercem a fé de uma forma religiosa, sempre submetendo tudo à obediência de regras e padrões consagrados.

YPHARAT disse...

Filme Gospel e Musicas Evangélicas www.gloriadeus.com.br

Divulguem nosso site e concorra a uma TV DE PLASMA 42 POLEGADAS.

http://www.gloriadeus.com.br

Anônimo disse...

Tiago... Musicas gospel são musicas de adoração a Deus! Esse termo é usado para identificar... quais são as musicas onde nos colocamos na presença de Deus e adoramos... Musica gospel são musicas com unção de Deus! Qualquer um pode cantar uma musica onde suas letras falam de Deus... independente se for cristão ou não! Agora o principal é você ter unção... porque musica gospel é o mesmo que estar fazendo uma oração a Deus... só que de forma cantada! Um artista cristão que realmente tem vida com Deus ele não passa apenas emoção nas letras da musica... como também unção! Ja um artista cristão mas que não tem vida com Deus... ele apenas passa emoção o mesmo é com um artista que não é Cristão ou que não tem vida com Deus!
Não acho que o povo cristão brasileiro sejam ignorante... mas que verdadeiramente não buscam sabedoria... e lhe faltam conhecimento!
Porque existem sim muitas musicas de artistas não cristãos que suas letras de fato expressão verdades... como também causam emoções... e falam de Deus! Em nenhum momento Deus esta dizendo que nós cristãos não podemos ouvir ou cantar mussicas que expressão verdades... emoções ou declarações de amor... ou que uma pessoa não cristã não poeria falar agradavelmente de Deus(Jesus) em suas musicas... E sim que não é bom se contagiar com coisas mudanas e carnais ...como essas que falam e estimulam o sexo... luxuria... arma... drogas... etc...
Resumindo... Vc ter unção! é ter vida com Deus... é ser intimo com Deus... é o espirito santo de Deus testificar com o seu... é Deus te usar para que sua voz seja benção nos ouvidos de quem escuta as canções... é Deus te capacita para fazer a obra dele... porque todo mundo sabe que existe o céu e o inferno... Deus e o Diabo... mas vivem como se Deus não fosse voltar a terra para buscar os que são dele... portanto é preciso sim... levantar homens e mulheres para fazer a dierença e levar a palavra de Deus aqueles que não tem conhecimento!
A grande diferença entre musica gospel e musicas do mundo é quem as musicas do mundo os autores são a humanidade e a gospel o principal autor é Deus! E por isso que falo tem que ter unção! Porque Deus levanta multidões para pregar o evangelho dele... seja atraves do canto... da dança... ou pregação...
Bom acho que todos aqui conhecem o Rodolfo que era integrante dos Raimundos... ele pode até não esta cantando... mas o detalhe principal é que em algum momento ele buscou a Deus ...e Deus fez um novo em sua vida! Portanto todos podem falar de Deus em suas musicas... pq é o mesmo que esta orando a Deus de forma cantada! E aquele que busca Deus... Deus o recebe e começa a molda-lo...

Fica na Paz! Danychristen

Related Posts with Thumbnails