terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Um dia de cão em um show evangélico

por Thiago Bomfim


Esse é um relato do leitor e blogueiro Gonzaga Soares, do Mural na Net. Ele deixou o “conto” no post da Série Evangelismo que falava sobre Shows Evangélicos.

É engraçado, pois foi narrado de modo irônico. Ao mesmo tempo é vergonhoso ler e ter que ser noticiado de que a igreja abriga um bando de trogloditas, fomentados pela baderna feita pelos “organizadores” dos eventos.

"Moro em Maceió, Alagoas, e recentemente tem ocorrido aqui uma espécie de explosão de shows evangélicos, em media um por semana, mas confesso que desisti de ir a shows evangélicos. E a minha última investida em um show gospel foi desastrosa. Deixe-me explicar.Recentemente fui ao Show do Teatro Mágico, alias fui nas duas vezes que eles passaram aqui na terrinha. E que espetáculo maravilhoso: boa musica, performance incrível, uma festa incrível, eles são super-simples e após o show bateram um papo com a galera, tiraram fotos e distribuíram autógrafos até a ultima pessoa que queria. Outra curiosidade é que havia gente bebendo, tinha fumante e muita descontração, animação, etc [grifo do Livreiro]. O show começou exatamente na hora marcada e ouvimos o que pagamos para ouvir, alias um preço justo, foi incrível.
.
Sete dias depois fui convencido por um amigo a ir para um show evangélico, onde se apresentariam Chris Duran, Roberta de Ângelo e PG. Desconfiado e meio sem querer, resolvi ir, afinal tinha ganhado o ingresso, acredite deveria ter fiado em casa dormindo.Vamos aos fatos:
O show deveria começar as 20h. Sabendo da boa embromação evangélica em shows, chegamos por volta de 22:00h (!!!!!!!) e acredite ainda tivemos que ouvir pelo menos uns dois cantores locais que só a graça para suportar (rs) a má qualidade musical e ego de estrelas que estavam “arrasando”.

Depois de muito “eles já tão vindo” e “ ele já tá no camarim” ouvimos o Chris Duram subir ao Palco por volta de 23h30min. Diga-se de passagem, um cara crente e aparentemente comprometido com Deus, um dos poucos bons momentos da noite.

Após o Chris cantar, entra no palco Roberta de Ângelo ao som de play back. Não agradou muito. Fiquei meio envergonhado, pois, enquanto ela cantava, o pessoal da produção aprontava o palco atrás dela para a apresentação do PG que viria em seguida. A galera, devo registrar, era um publico muito pequeno para o tamanho do evento. Enquanto a moça cantava o pessoal foi dispensado para lanchar e ir ao banheiro, ficando um punhado de fiéis amantes do “É gospel? To dentro!”.

Finalmente à 01:00 h da madrugada PG sobe ao palco. Seria o auge da noite, mas o que aconteceu em seguida me fez indagar “Deus porque eu não fiquei em casa?”.

PG mal começou a cantar a primeira música e a briga começou. Era crente correndo pra tudo quanto era lado. No meio da confusão corri pra salvar minha câmera, pulando em direção às arquibancadas do ginásio que estavam vazias (ainda bem que o Gonzaga é ninja,rs).

PG para (nova ortografia) o show e, com muita educação, pede pra galera não empurrar, o que se mostrou totalmente inútil quando ele começa a cantar a segunda musica.

Briga novamente! Correria e mais uma vez show interrompido. Desta vez totalmente irritado e com total razão PG ameaça não cantar mais e ir embora. Dá um sermão na platéia gospel, que, por sinal ,gravei uma parte com minha câmera“ só assim consegui terminar o show. Se estranhei isso? Claro que não. Com exceção de show com cantores adventistas que são super-organizados, não lembro de ter ido a nem um show evangélico aqui que não tenha que ser interrompido para parar uma briga e dizer aos crentes que eles são crentes.

Por fim, por volta das 02h30min da madrugada o show acabou: correria pra se pegar autógrafos e esbarros em seguranças. E assim dei graças a Deus pelo fim daquela noite cruel e repeti para mim mesmo e pro meu amigo que não voltaria a shows evangélicos, da próxima vez que quiser me divertir ou curtir uma boa música, vou esperar um show do Djavan, Marisa Monte, Teatro Mágico…" Gonzaga Soares
.
É hilário o relato do nosso amigo, né? Eu gostei demais! E, como “bônus” do depoimento, deixo o vídeo que ele mesmo gravou com a câmera (salva) dele. Trata-se de uma sova verbal que o PG deu nos “irmãozinhos”.


Fonte: http://livrariadothiago.com

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails