domingo, 9 de maio de 2010

Te Amo, Mãe!



Hoje acordei sem teu sorriso, desejei ouvir tua voz e tudo que encontrei foi o silêncio da tua ausência. Queria poder te abraçar, sentar em teu colo, ao menos mais uma vez, mas já não posso, você já não está aqui.

Quatro meses sem tua presença e parecem uma eternidade. A dor da tua perda só é menor que a dor da tua ausência. Sabe, hoje senti inveja. Vi meus amigos abraçando suas mães e desejei muito poder te abraçar, mas eu não posso fazer isto - não agora! Então eu me agarro à única esperança que me faz sorrir, a esperança de te abraçar no céu.

Sabe, eu não entendo porque você teve que ir. Você cumpriu com excelência aquilo que Deus planejou pra você, e agora Ele te levou para casa. Estou chorando, mas sei que você está sorrindo na presença do criador. Você não tem mais dores, não tem mais cansaço. Você está finalmente livre, e eu fico feliz com isso. Sabe, a gente vai se encontrar - eu realmente acredito nisto -, e aí vou poder te abraçar novamente e dançaremos mais uma vez a nossa dança na presença do nosso Pai.

Mamãe, jamais te esquecerei, teus ensinamentos, seu exemplo de fé e seu amor. Na verdade, eu ainda te sinto; de alguma forma eu sei que você sempre está comigo e espero ansioso o dia em que finalmente poderei correr para os teus braços novamente e, desta vez, para sempre.

Te amo mãe!
(Hoje é o primeiro dia das mães sem a minha mãe! E eu queria prestar esta pequena homenagem à grande Mulher que foi Maria Rodrigues, a minha mãe, o maior exemplo de vida para mim.)
Gonzaga Junior

2 comentários:

Cantinho da Jô disse...

Linda homenagem, Persevere e muito em breve todos estaremos na borda do cordeiro festejando a vitoria da noiva de Cristo: Eu , vc, sua mãe e muitos , muitos irmãos...te vejo no Céu!

Gonzaga Junior disse...

Brigadão Jô pelo carinho, esta é a nossa esperança, estarmos todos juntos um dia com o nosso Pai! Abração e Te vejo no Céu!

Gonzaga Jr

Related Posts with Thumbnails