quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Rich Mullins - Uma flecha apontando para o céu

Rich Mullins O Som do Mural desta semana faz uma homenagem a um dos maiores músicos do nosso tempo: Rich Mullins.
Rich Mullins foi um dos mais talentosos compositores da música cristã contemporânea. Seu estilo de vida foi inquestionavelmente marcado pela devoção e disciplina. Com um testemunho sério diante do Senhor, compôs músicas como “Awesome God”, “Step by Step”, “I see You”, conhecidas e cantadas até hoje por vários outros músicos.
Rich Mullins faleceu após um acidente de carro em 1997. Rich era muito famoso nos Estados Unidos como cantor e compositor cristão. Algumas de suas músicas fizeram sucesso na voz de Michael W. Smith.
Apesar de todo sucesso em torno de suas músicas, Rich havia optado por um estilo de vida simples e dedicado a servir ao próximo. Ele havia se mudado para uma reserva de índios navajos para compartilhar o Evangelho com eles. Acima de tudo, Rich amava Jesus e sua Igreja. Suas palavras sobre a igreja refletem o amor e respeito que ele tinha pela Noiva de Cristo.
“Escuto pessoas dizendo: ‘Por que você deseja ir à igreja? Ela está cheia de hipócritas!’ Eu nunca entendi que ir à igreja faz de você um hipócrita, uma vez que ninguém vai a igreja porque é perfeito. Se você está com tudo em cima, você não precisa ir. Você poder ir correr no parque aos domingos com todas as outras pessoas perfeitas.
Todas as vezes que você vai à igreja, você está confessando novamente para você mesmo, para sua família, para as pessoas que você encontra a caminho de lá, para as pessoas que o cumprimentam lá, que você não está com tudo em cima, que você precisa do apoio delas. Você precisa de direção. Você precisa prestar contas e precisa de alguma ajuda.”
Rich acreditava que nós precisamos ir à igreja justamente porque não somos perfeitos. Ele enxergava a vida cristã como um processo, uma luta contínua para ser fiel ao que sabemos ser verdade. Ele entendia nossa tendência de cair no erro e por isso nossa necessidade de apoio, direção e prestação de contas encontrada somente na igreja.
O maior problema da vida é que ela é diária. Você nunca fica tão saudável a ponto de não precisar mais continuar se alimentando bem. Todos os dias temos que fazer as escolhas certas sobre o que iremos comer e quanto exercício precisamos. Espiritualmente nós estamos no mesmo lugar. Eu passo por esses impulsos em que digo a mim mesmo: ‘Vou memorizar os cinco livros de Moisés.’ Espero poder viver disso. Mas a oração de hoje é boa somente para hoje. Não é o que você fez, não é o que você diz que irá fazer, mas o que você faz hoje que conta.”
Rich tinha fome de Deus e ele encontrava o que precisava na igreja. Ele estava consciente que muitas pessoas tentam encontrar outros modos de satisfazer essa fome; nenhum deles, ele acreditava, poderia substituir o que a igreja tem a oferecer. Um substituto comum que ele via geralmente era a tentativa de se viver de experiências emocionais, como ouvir música. Ele dizia: “Gente… levem isso a sério. Eu sou um cantor cristão contemporâneo e eu não sei nada. Se vocês querem alimento espiritual, vão para a igreja.”
“Algumas vezes me preocupa o número de pessoas que podem citar minhas canções, ou podem citar canções de muitas outras pessoas, mas não podem citar as Escrituras. Como se qualquer coisa que um músico tenha a dizer seja digna de ser ouvida. Realmente, quero dizer, o que músicos fazem é unir acordes, ritmos e melodias. Então se você quer entretenimento, eu sugiro entretenimento cristão, porque penso que é bom. Mas se você quer alimento espiritual, eu sugiro que você vá a uma igreja e que leia sua Bíblia… A indústria da música cristã é um negócio capitalista e ponto final. Se alguém estiver interessado em vitalidade espiritual, então precisa investir na igreja e não em uma indústria.”
Rich Mullins amava a igreja. Ele a amava porque ela lhe dava a verdade, porque ela permitia-lhe expressar sua fé, porque ela dava-lhe uma oportunidade de ser parte do corpo de Cristo, o qual ele cria dar-lhe sua verdadeira identidade.
Abaixo, os clipes de três músicas do Rich: Creed, Screen Door e Sometimes by Step.

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails