quarta-feira, 29 de julho de 2009

Eles twittam. E tu? Tu twittas?

Twitter
 
 
Você sabe o que é o Twitter, a nova febre da internet? Já usa? Tem um monte de gente por aí que já. Mas será que isso presta mesmo? Será que dá pra usar de forma útil à sua “vida on line”?O Mural traz hoje uma matéria da revista Época sobre essa nova onda do mar da internet. Leia e veja se vale a pena deixar ser levado por ela [em que praia você poderá ir parar?]. Depois, na medida do possível, traremos mais textos sobre o tema.
 
 
O Twitter vê e mostra tudo
 
Um serviço global de mensagens rápidas desafia os hábitos de comunicação e reinventa o conceito de privacidade
 
Vivemos a era da exposição e do compartilhamento. Público e privado começam a se confundir. A ideia de privacidade vai mudar ou desaparecer.
 
O trecho acima tem 140 caracteres exatos. É uma mensagem curta que tenta encapsular uma ideia complexa. Não é fácil esse tipo de síntese, mas dezenas de milhões de pessoas o praticam diariamente. No mundo todo são disparados 2,4 trilhões de SMS por mês, e neles cabem 140 toques ou pouco mais. Também é comum enviar e-mails, deixar recados no Orkut, falar com as pessoas pelo MSN, tagarelar no celular, receber chamados em qualquer parte, a qualquer hora. Estamos conectados. Superconectados, na verdade, de várias formas. Há 1,57 bilhão de pessoas que usam a internet e 3,3 bilhões com celulares – e as duas redes estão se fundindo. Há uma nova sintaxe em construção, a das mensagens. Práticas da internet migraram para o mundo do celular e coisas do mundo do celular invadiram a rede de computadores. A difusão de informação digital iniciada pela web em 1995 está se aprofundando e traz com ela mudanças radicais de costumes. As pessoas não param de falar e não querem parar de receber. Elas querem se exibir e querem ver. Tudo.
 
O mais recente exemplo da demanda total por conexão e de uma nova sintaxe social é o Twitter, o novo serviço de troca de mensagens pela internet. Criado em 2006, decolou no ano passado e já tem 6 milhões de usuários no mundo. O Twitter pode ser entendido como uma mistura de blog e celular. As mensagens são de 140 toques, como os torpedos dos celulares, mas circulam pela internet como os textos de blogs. Em vez de seguir para apenas uma pessoa, como no celular ou no MSN, a mensagem do Twitter vai para todos os “seguidores” – gente que acompanha o emissor. Podem ser 30, 300 ou 409 mil seguidores, como tem Barack Obama. Essa estrutura de troca de mensagens é nova, mas não é o principal.
 
 
[A imagem lá em cima é parte do banner encontrado no próprio site do Twitter.]

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails