sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Rumo a Copenhagen 2009

Entre os dias 7 e 18 de dezembro deste ano, representantes de cerca de 200 países estarão em Compenhague (Dinamarca) para um dos encontros mais importantes na história. A 15a. Conferência das Partes (COP 15) da Convenção das Nações Unidas sobre Mudança do Clima.

Sua realização é aguardada com expectativa e esperança por todos os que se preocupam com as mudanças climáticas e seus impactos no planeta.Para entender um pouco da história do que vai acontecer em Copenhague, vamos recuar até 1972, quando a ONU organizou em Estocolmo, na Suécia, a primeira conferência mundial para discutir questões ambientais. O encontrou reuniu 113 países e mais de 400 ONGs de todo o mundo. Ele é considerado o ponto-zero do debate ambiental mundial e resultou na criação do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma).

Vinte anos depois, em 1992, a ONU convocou nova reunião internacional, desta vez no Rio de Janeiro. Conhecida como Rio Eco-92, a conferência teve como um de seus principais resultados o acordo para reduzir as emissões de gases do efeito estufa que causam o aquecimento global - a Convenção sobre Mudança do Clima.

Assinada inicialmente por 154 países, a Convenção entrou em vigor em 1994 e, no ano seguinte, em Berlim (Alemanha), foi realizada a 1a. Conferência das Partes (COP 1), ou seja, a primeira reunião dos países participantes da Convenção. Foi nessa primeira COP que ficou decidida a criação, até 1997, de um protocolo com metas para a redução de emissões.

Nesse ano, a reunião da ONU aconteceu em Kyoto, no Japão, e lá surgiu então o Protocolo de Kyoto.E o que é o Protocolo de Kyoto? Trata-se de um compromisso estabelecido pelos países que assinaram a Convenção da ONU sobre Mudança do Clima de reduzirem, entre 2008 e 2012, suas emissões poluentes em pelo menos 5% em relação aos níveis verificados em 1990. O Brasil ratificou em 2002 o Protocolo de Kyoto, que entrou em vigor em 2005.

Estamos no segundo ano de vigência do Protocolo de Kyoto e o mundo agora discute o que fazer depois dele, a partir de 2012. O mapa do caminho foi traçado em 2007 na COP 13, realizada em Bali (Indonésia) e agora os países voltam a se reunir, desta vez em Copenhague, no final deste ano, para discutir o acordo global que vai suceder o Protocolo de Kyoto.

Na pauta de debate estão o estabelecimento de metas mais rígidas de redução das emissões de gases do efeito estufa, além das bases para um esforço global de mitigação e adaptação às mudanças climáticas.Os desafios são enormes. Há um grande impasse hoje entre países desenvolvidos e em desenvolvimento sobre quais as metas possíveis e desejadas para a redução de emissões e o nível de comprometimento dos países com o clima global. A chegada de Barack Obama ao poder nos EUA, a crise econômica e os estudos científicos apontando a gravidade dos impactos do aquecimento global sobre a vida no planeta são fatores que deverão influenciar decisivamente a reunião COP 15 em Copenhague.

2 comentários:

Anônimo disse...

para completar so falta postar o que aconteceu depois do Cop 15. a reportagem ta otima.

JT Ollemhebb disse...

Publicamos sim alguns posts falando do que aconteceu já perto do fim da conferência ou após seu desfecho:

■ Vazamento de 'texto final' divide países em Copenhague (http://muralnanet.blogspot.com/2009/12/vazamento-de-final-divide-paises-em.html);
■ Resultado da COP 15 (http://muralnanet.blogspot.com/2009/12/resultado-da-cop-15.html);
■ Cobertura da COP 15 (http://muralnanet.blogspot.com/2009/12/cobertura-da-cop-15.html) -Contém links de sites que fizeram cobertura da conferência. Lá certamente há notícias sobre como terminou a reunião.

Para ver mais coisas sobre a COP15 use um dos mecanismos de buscas do blog. Busque pela palavra 'Copenhague'.

Related Posts with Thumbnails