sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Quem é louco afinal ?


Nessa sociedade psicótica, onde os valores se invertem, a moral já não é lá coisa tão normal e o viver está quase se resumindo a existir. Surge daí o seguinte questionamento:
O que é loucura ou quem é louco?

Quem é o mais louco afinal? Quem persegue pessoas criadas em seu imaginário ou quem persegue e tortura pessoas reais? Quem acha que é Jesus Cristo, Napoleão, Buda ou os mortais que se sentem deuses pelo dinheiro e poder que possuem, ou quem não se importa com a dor dos outros? (Trecho do livro "O futuro da humanidade", de Augusto Cury)

Hoje os loucos são aqueles que conseguem viver com alegria, brincar com a vida e deixar livre a criança que existe dentro de si. Loucos são os que fazem da vida um grande espetáculo, que reescrevem o destino de suas vidas, que não vivem preocupados com o dia de amanhã e tampouco vivem baseados nos padrões de comportamento imposto pela sociedade, pois aprenderam a encontrar alegria nas ruinas da vida e a questionar seus sentimentos e seus rumos.

Loucos são os que aprenderam que viver é servir, se doar sem esperar recompensa, perdoar, pedir perdão mesmo quando se está certo; estar ao lado de pessoas sem nada esperar em troca. Se sentimentos assim são considerados como sendo de um psicótico ou louco, então sejamos loucos, vamos sonhar, brincar e amar...

Expressemos nossos sentimentos, sejamos nós mesmos com nossos defeitos e qualidades; vivamos loucamente apaixonados pela vida, pois ela é bela e espera que nós brinquemos com ela para não ter que brigar conosco mais tarde.
Vivam os loucos !

Tarcísio Paz

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails