terça-feira, 18 de novembro de 2008

Vilarejo

Por Gonzaga S.
.
Uma das minhas canções preferidas é "Vilarejo" de Marisa Monte. A canção fala de uma vila bucólica onde cabe todo o mundo, desde Palestina a Shangri-lá, terra de heróis, lares de mãe, frutas no quintal, onde o tempo espera, as janelas estão abertas, em todas as mesas tem pão, flores enfeitam caminhos, destinos, vestidos. Peitos fartos , filhos fortes ...

A doçura da melodia e a letra maravilhosa nos faz viajar para este "lugar real" e nos causa uma certa nostalgia que me faz pensar que fomos feitos para este lugar. É um paradoxo sentir saudades de um lugar onde nunca estivemos, mas que permeia cada canto da nossa alma. Vilarejo é simples e belo; é o mundo como Deus o projetou.

2 comentários:

Anônimo disse...

Já tinha ouvido esta música algumas vezes, mas sem atentar para a letra, pois muitas vezes me detenho mais em ouvir a melodia. Não sabia que ela era Vilarejo e que a letra era tão bonita assim.

Quanto à letra e seu efeito "nostálgico", é interessante isso! Também sinto, de vez em quando, esse sentimento que costumo chamar de "saudades de lugares e tempos em que nunca estive (ou seria: onde ainda não estive?)".
Penso em lugares e tempos criados na minha imaginação, em lugares reais onde nunca estive e também imagino um mundo ideal. O que seria isso? Um desejo que Deus inseriu dentro de nós assim como aquela "moral/bom senso" que Paulo fala nos primeiros capítulos de Romanos?
Quem permanecer verá!

JT Ollemhebb

Anônimo disse...

cara adorei o seu ponto de vista

Related Posts with Thumbnails