sexta-feira, 5 de março de 2010

Sagrado (99º episódio): Religiões afro-brasileiras

Mais um tema começa a ser abordado hoje: Corrupção. O pai-de-santo Etiene Sales responde às perguntas:
1) As religiões estão livres das práticas ilícitas? Como combater a corrupção dentro das instituições religiosas?
e
2)  Por que permitimos que isso (a corrupção) aconteça numa sociedade com tantos seguidores declarados de valores religiosos?
 
Juliana Paes cita um provérbio de origem desconhecida: “Calúnia é como carvão: quando não queima suja a mão”.
 
 
 
 
 
 
Falou bem o Etiene ao dizer que nenhuma religião está isenta da corrupção de seus membros. Na verdade, nenhum homem está isento de se corromper – nossa natureza pecaminosa herdade da queda de Adão nos faz tendenciosos a errar. Corrupção é pecado e, portanto, numa visão cristã ideal, combatê-la é buscar levar o ser humano a conhecer Jesus, aquele que pode nos redimir e nos libertar do julgo do pecado.
 
Cabe novamente lembrar aqui que o deus a quem o Etiene se refere é Olorum, e não o grande “EU SOU”.

3 comentários:

NeLsOn NeTo disse...

ficou show de bola o novo template só sinto falta de um quadro de comentários não sei se vcs pretendem colocar mas mesmo assim ficou muito bom..............

JT Ollemhebb disse...

Obrigado, Nelson!

Mas nos diga uma coisa; a que tipo de quadro de comentários você está se referindo? É um quadro na coluna lateral que permita inserir comentários gerais sobre o blog? Ou é um quadro (também na coluna lateral) que reúna/liste os comentários mais recentes realizados nos vários posts do blog?

Valeu pelo comentário e pela sugestão!

NeLsOn NeTo disse...

é um na lateral que permita comentarios como sugestões, pedidos, elogios etc....

Related Posts with Thumbnails